Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1 de Maio derrota ASA em Benguela

Jlio Gaiano, no Lobito - 19 de Abril, 2016

Atltico Sport Aviao (ASA) voltou a cair ontem na deslocao a Benguela onde defrontou o Estrela Clube 1 de Maio no prosseguimento da oitava jornada

Fotografia: M.Machangongo

O 1º de Maio de Benguela teve ontem de aplicar-se a fundo para vencer o ASA por 2- 1, no desafio pontuável para a oitava jornada do Girabola Zap, uma partida em que as duas equipas  evidenciaram determinação pela conquista dos três pontos, ao longo dos 90 minutos regulamentares.

Filipe (49m) e Laucha (67m) marcaram pelos proletários, ao passo que Nelito aos 17m descontou para os aviadores, que  como se percebe foram os primeiros a visarem com êxito à baliza contrária, ao aproveitar um deslize dos defesas proletários para tomar a dianteira no marcador.

Foi um golo que apareceu numa altura em que o ligeiro domínio pertencia aos proletários, mas que pela clamorosa distração deixaram-se bater. O facto abalou por completo a estratégia montada pelo técncio Finda Mozer que  viu a sua equipa a abanar ante à irreverência dos aviadores que tiverem em Nelito um autêntico "quebra-cabeças". Foi por sorte que o tempo correu e aos 45m esgotaram-se para o intervalo.

No reatemento, as coisas inverteram-se e os proletários assumiram as operações do jogo, remeteram o adversário à defensiva. Apoiados pelo reduzido número de pessoas que acorreu ao municipal Edelfride Costa, o 1º de Maio "endiabrar-se" e fez o que lhe competia no momento, marcou  dois preciosos golos por intermédio de Filipe (49m) e Laucha (67m).

Foi uma autêntica festa, com apitos, batuques, corneta e bandeiras no ar a relevarem a alegria do público benguelense pelo triunfo. A actuação da equipa da arbitragem indicada para o jogo não defraudou.

Com o triunfo, o 1º de Maio de Benguela soma nove pontos e sobe para a décima posição. De acordo com o seu técnico principal, a equipa espera lutar pela permanência. "Não vai ser fácil, mas este é o desafio que nos comprometemos enfrentar", concluiu.

Para a nona jornada, os proletários deslocam-se à capital para defrontarem os petrolíferos do eixo-viário. Um teste para os comandados de Finda Mozer que têm no referido confronto de provar o seu bom momento de forma desportiva.Os factos são elucidativos, pois nas quatro últimas partidas pontuou.

Ou seja, empatou no Lubango frente ao Desportivo da Huíla, por 2 - 2, empatou a um golo com Kabuscorp do Palanca e empatou a zero com o Interclube de Angola. Na manhã de ontem, foi só para assegurar os feitos: venceu numa reviravolta o ASA por 2 a 1, num jogo presenciado por cerca de mil espectadores.

Finda Mozer
“Precisávamos
dessa vitória


A vitória da formação do Estrela Clube 1º de Maio de Benguela sobre o Atlético Sport Aviação, por 2-1 é para o técnico Joaquim Finda "Mozer" um catalisador para encarar o futuro da equipa com optimismo.

"Esta vitória aconteceu num bom momento,necessitávamos dela para estabilizar e elevar os ânimos do grupo que espera manter-se no Girabola Zap. Os meus jogadores foram briosos, faço votos que continuem nesta senda e levar as coisas a contento", precisou o técnico Finda Mozer.

O professor Finda Mozer reconheceu o valor do adversário que defrontou e venceu, numa partida em que o equilíbrio foi a nota dominante. "Não foi fácil a conquista dos três pontos, tivemos que nos empenhar a fundo de forma a virar o resultado a nosso favor e provar em campo, a nossa determinação", revelou.JG