Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1 de Maio em busca de reforos

Augusto Panzo - 21 de Junho, 2016

Proletrios negoceiam jogadores nacionais para reforo do plantel na segunda volta do Campeonato Nacional que arranca a 9 de Julho

Fotografia: Santos Pedro

A direcção do Estrela Clube 1º de Maio de Benguela está no mercado, com realce para o Nacional, em busca de reforços para a segunda volta do Girabola Zap 2016, que arranca no dia 9 de Julho, soube o Jornal dos Desportos de fonte ligada ao clube proletário, informação reforçada pelo treinador Hélder Teixeira, no sábado, após o jogo diante do ASA, referente aos 16 avos da Taça de Angola.

"Confirmo realmente que a nossa direcção está no mercado à procura de reforços. Até ao momento, as negociações estão bem encaminhadas. Aguarda-se pelo desfecho das mesmas", garantiu. 

Indagado a revelar nomes e número de atletas que o 1º de Maio vai contratar na aberta da janela de transferências, a fonte limitou-se a reconfirmar a versão de que a direcção do clube procura reforços, recusou-se a avançar nomes nem  número de jogadores.

"Não estou em condições de dizer quem e quantos são. Sabe que nessa fase muitos clubes estão atentos à movimentação de atletas, e nessa situação, todo o cuidado é pouco, porque se assim não for, arriscamo-nos a desvendar segredos. Tudo ainda está fechado a sete chaves", avançou.

Apesar do secretismo evocado pela fonte, o JD apurou dois nomes, dos jogadores envolvidos nas negociações, o central  Simão (ex-Sporting de Cabinda) e o avançado Lelas ( do Sagrada Esperança da Lunda Norte).

Para reforçar a tendência da direcção proletária, o treinador Hélder Teixeira recordou no final do duelo com o ASA, que o objectivo fundamental do 1º de Maio não passa pela Taça de Angola, mas  pela melhoria da classificação no Girabola Zap.

"O nosso objectivo não era exactamente a Taça. Nós estamos mal classificados e o nosso desejo fundamental é pôr esses miúdos a saírem do lugar onde se encontram, neste momento", frisou. 

O segundo turno do campeonato tem o arranque previsto para o dia 9 de Julho, e como adversário na 16ª jornada, primeira dessa fase, o 1º de Maio de Benguela desloca-se a Calulo, ao encontro do Recreativo do Libolo.

ENGAJAMENTO
Hélder Teixeira
satisfeito com atletas


O treinador Hélder Teixeira está a menos de um mês, à frente da equipa, apesar do escasso tempo que dirige a formação proletária, nota certa assimilação dos seus pupilos, no que diz respeito aos variados aspectos de treinos.

Isso, foi espelhado pelo técnico, em resposta a uma pergunta a si formulada pelos órgãos de comunicação social presentes no  sábado, no Estádio da Cidadela, onde o 1º de Maio perdeu aos penáltis para os 16 avos de final da Taça de Angola.

"Naturalmente que os meus pupilos estão já a jogar à maneira daquilo que pretendo. Falta melhorar a posse de bola e a transição rápida. Como viram, na segunda parte do jogo, o ASA esteve quase sem soluções. Nem um único remate sequer fizeram à nossa baliza, ao nível mais alto", disse.

Hélder Teixeira refutou a hipótese de que os seus pupilos estejam afectados moralmente pela derrota diante do ASA, na peleja referente à Taça de Angola.    
"Em nenhuma forma os meus jogadores estão afectados psicologicamente por essa derrota, na medida em que, tal como já me referi antes, o nosso objectivo primordial não é a Taça de Angola, mas a melhoria da classificação na tabela do Girabola Zap 2016. Reafirmo aqui que essa derrota não afecta absolutamente nada", revelou.

Sobre a contratação de reforços, o treinador anuiu à informação da fonte já citada (ver texto à parte), mas tal como esta, Hélder Teixeira limitou-se a dizer que "Já estamos no mercado e inclusive já temos jogadores que estarão a fazer os contratos com a direcção do clube, e acredito que em breve tempo, isso, será um facto".                                         AP