Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

" Tropas" em desafio

Antnio Flix - 28 de Abril, 2018

Donos da casa registaram trs pontos na 12 jornada atribudos na secretria por ausncia do JGM

Fotografia: Eduardo Pedro | Edies Novembro

O Sagrada Esperança da Lunda - Norte e o Recreativo do Libolo  abrem hoje às 15h00 na cidade do Dundo, a 13ª  jornada do Girabola ZAP que prossegue amanhã e na segunda-feira, com jogos susceptíveis de alterar os lugares do meio e do fundo da classificação.
A questão a saber, é se o \"velho\" campeão Recreativo do Libolo, sem o potencial de jogadores que em anos recentes impuseram temor aos adversários de peso, tem...desta vez forças para \"garimpar\" os três pontos no Dundo?
Em boa verdade, a resposta à questão fica remetida para depois do tempo regulamentar de jogo, todavia, do lado da equipa do Sagrada Esperança da Lunda - Norte sabe-se que o técnico Ekrem Asma orientou os seus pupilos a subestimarem o Recreativo do Libolo, que já defrontou  em várias ocasiões.
Por  esta razão, o grupo diamantífero por si orientado está optimista quanto à vitória, para estar mais tranquilo nas contendas que se seguem. O técnico acredita que não vai ser um jogo fácil, mas o facto de confiar na capacidade competitiva dos jogadores e no sistema de jogo que gizou, deixam-no sem muita pressão.
A equipa vem de uma vitória, somaram três pontos na \"secretaria\", devido à falta de comparência do adversário na agenda da 12ª  jornada (JGM do Huambo) , o Sagrada Esperança da Lunda- Norte hoje já não entra em campo para cumprir meros formalismos.
O  seu visitante vai estar lá, para o jogo que se espera sair de cabeça erguida. E, o Libolo sabe que se trata de um jogo importante e está convicto de que deve ganhar, para não complicar as aspirações.

 AMANHÃ
Nos jogos reservados para amanhã, o Kabuscorp do Palanca  deslocar-se a Benguela para defrontar o 1º de Maio, a equipa de Bento Kangamba está  a recuperar forças e a mostrar  que ainda \"está viva\"  e pode lutar  pelo título.
A equipa do Palanca tem 21 pontos, está a cinco do líder, Interclube. Em 11 jogos fora de portas, venceu três e perdeu em igual número, sem empatar. Isso, dá confiança à equipa para manter a determinação.  E, ...tem o segundo melhor ataque com  19 golos, pelo que a defesa da equipa adversária deve tomar medidas para não sofrer.
É claro que o 1º de Maio é uma equipa  forte como se verificou em várias ocasiões, deve estar atenta ao Kabuscorp, a quem pretende
levar à melhor, sobretudo, porque jogam em Benguela, de  onde saiu na quinta-feira para o Lobito e empatou (1-1) com a Académica.
O propósito da deslocação do Sporting de Cabinda a Luanda, para defrontar o Progresso do Sambizanga, é manter a performance  que  o colocou acima de muitas equipas, teoricamente superiores a si. Basta  ver na classificação.
E, desta vez, os leões podem jogar na capital de forma destemida. Costumam ser fortes, actuam muito bem  mesmo com a falta de jogadores notáveis na montra de craques, mas os que alinham na equipa actual, são os  fundamentais.
Fora do lote das \"grandes\" equipas, há um duelo  marcado na heróica terra do Cuando Cubango. Em Menongue, onde o CC recebe a visita do JGM do Huambo. Duas equipas do mesmo \"campeonato\", do mesmo nível, para o desafio em que é difícil prognosticar  o vencedor.

HÁ DERBI AMANHÃ
Militares e Polícias travam duelo de fazer “roer” as unhas


Atento à subida de lugares, que o 1º de Agosto ambiciona para melhorar a classificação, o  Interclube, líder do Girabola Zap, recebe amanhã às 16h00  a equipa militar no seu reduto ( Estádio 22 de Junho), jogo pontuável para a 13ª ronda que como se diz, só e apenas a vitória interessa.
Está claro, que os polícias, só porque são \"comandantes\" da prova, não dizem que recebem os rubro -negros que ostentam a \"força de campeão\", para os cilindrar. E, sobretudo agora, que os agostinos sabem que têm mais uma oportunidade para ascenderem na classificação, e pois claro,... não deixar o adversário fugir!
A equipa técnica do 1º de Agosto, após a sofrida vitória (1-0) que arrancou ao Desportivo da Huíla, evitou fazer alardes ao que possa acontecer amanhã no Estádio 22 de Junho,contudo, sabe que  vai ser um jogo difícil. Deve e vai encarar o Interclube com muita responsabilidade!
Após suada vitória (1-0), que o 1º de Agosto obteve na quarta-feira no Estádio 11 de Novembro diante do Desportivo da Huíla,  o técnico Zoran Maki limitou-se a sublinhar que iam  trabalhar muito para o desafio de amanhã com o líder da competição, o Interclube.
Ao 1º de Agosto, a necessidade de trabalhar faz todo o sentido, porque foi o próprio técnico quem falou, quem reconheceu que diante do Interclube \"fomos pouco felizes na etapa inicial, rapidamente corrigimos os erros e conseguimos acertar no sector mais avançado\".
Só tem cinco golos marcados em casa e igual número fora de portas, que perfaz uma artilharia com 10 golos em nove jogos. A claque que puxa pelo 1º de Agosto quer mais, por que razão a equipa dos militares, campeã, não tem \"artilheiro\" com pontaria na lista dos goleadores?
O Interclube está a aproveitar-se de tudo isto. As jornadas já disputadas trataram de tirar à limpo, que os Polícias têm estrelas e condições competitivas para ganhar ao 1º de Agosto, que é o detentor do título.
A vontade ganhadora dos Polícias atinge cada vez mais, \"foros de cidade\", como se diz,  com os amantes do nosso futebol a admirarem-se da vantagem que a equipa regista na classificação.
O 1º de Agosto, por este conjunto de factores, tem o domínio perfeito de que o actual  Interclube  que se estreou no Girabola no distante ano de 1985, em que alinhou na altura o jogador mais novo até agora, (Túbia, 15 anos na altura), pode surpreender a jogar em casa. E, assim, a  pensar nisso...  a palavra de ordem nas hostes militares  é de que  \" em cada jornada do campeonato considerar uma final\".
 As duas equipas, no fundo e de imediato, vão reeditar de certa forma um velho clássico luandense, ao qual podem ocorrer muitos adeptos ao local da contenda, para um jogo de \"roer as unhas\".
Na época passada, o 1º de Agosto para o jogo da primeira volta disputado no dia 30 de Abril de 2017, no Estádio Nacional 11 de Novembro, estiveram cerca de 5000 espectadores, venceu por 1-0. Para a segunda volta, o Interclube a jogar no seu reduto diante de 7000 espectadores, forçou a repartição de pontos.

22 DE JUNHO
Interclube precavido para o dérbi

O Interclube defronta no próximo domingo,  as 16h00  no Estádio 22 de Junho, o 1º de Agosto  em jogo referente a décima terceira jornada do  Campeonato Nacional de Futebol.
O líder do Girabola está apostado em manter o ciclo vitorioso. O  técnico do Interclube garante que a sua equipa está preparada para fazer um bom resultado diante do 1º de Agosto. 
Paulo Torres espera que os seus atletas consigam corresponder com as expectativas. \" Estamos preparados para fazer um bom resultado, pois, preparamos este jogo com muita tranquilidade\", confessou.
\" Os jogadores corresponderam com as nossas expectativas e por isso acredito que vamos fazer um bom resultado diante do 1º de Agosto.  Estamos conscientes que vai ser uma empreitada difícil\", salientou o técnico português ao serviço dos polícias.
O treinador afirmou que não espera encontrar facilidades ante o campeão nacional, formação que tem subido de rendimento. Defendeu que não existem jogos fáceis e muito menos adversários que facilitem a vida dos seus oponentes.
\"Temos a convicção que não será um jogo fácil, pois, ao longo desta época podemos ver que não existe nenhum jogo fácil, por isso, vamos para esta partida com muita cautela, mas com determinação e vontade de conseguirmos um resultado positivo. Temos uma equipa fantástica\", ressaltou.
O técnico dos polícias classificou a equipa militar de muito boa e na qualidade de bi-campeões exige muita atenção. \" Trabalhamos esta semana com muita prudência para este jogo, pois, cremos que vamos enfrentar uma equipa que joga bem em casa e fora, em busca sempre dos três pontos\", salientou.
Para este dérbi os polícias voltaram a dar maior atenção a  concentração defensiva. Para colmatar as falhas que têm acontecido, Paulo Torres trabalhou de forma exaustiva com os defesas no sentido de não darem  muito espaços aos atacantes contrários.   Valódia Kambata

NO DESTAQUE DA RONDA
1º de Agosto assume favoritismo


Manter a invencibilidade no estádio 22 de Junho é o principal objectivo da equipa do 1º de Agosto,  daí assumirem o favoritismo nesta difícil deslocação.
O técnico Zoran Maki garantiu que os bi-campeões nacionais vão apresentar uma postura para conquistarem os três pontos neste jogo importante.
\"Vamos ter um 1º de Agosto como sempre. Bastante agressivo e vamos procurar ganhar o jogo\", disse o timoneiro rubro e negro, no final da partida em que venceram por 1-0, a formação do Desportivo da Huíla, na última quarta-feira.
O sérvio que orienta os bi-campeões pela primeira vez afirmou que foi importante vencer o jogo passado para encararem a partida diante dos líderes mais confiantes.  \"É uma vitória moralizadora, nos últimos quatro jogos em doze pontos possíveis fizemos dez\", destacou.
\"Acho moralizante.  A equipa está a subir de rendimento e no jogo diante do Desportivo fizemos algumas alterações.  Os jogadores não tinham tantos automatismos como de costume, mas estou contente com todos os atletas e acredito que estamos preparados para o jogo de domingo\", destacou.
Já o médio/lateral direito, Mingo Bile, diz que estão no momento ideal para defrontar o Interclube, pois, vêm de uma sequência de resultados positivos. \"Vamos defrontar o Interclube num bom momento, porque viemos de três vitórias seguidas. É importante ganharmos, tendo em conta o número de jogos em atraso que temos. Nunca perdemos no estádio 22 de Junho e vamos tentar aproveitar isso a nosso favor\", defendeu o experiente jogador.
Os rubro e negros contam já com os regressos do lateral direito Isaac, do central Bobó, os médios Macaia, Ibukun e o avançado Fofó, que falharam o jogo passado por motivos diferentes. Com a excepção de Macaia, cumpriu castigo federativo, em função do cartão vermelho averbado no desafio da 11ª jornada diante do Domant FC do Bengo.                                                           
                                     Jorge Neto