Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

A equipa correspondeu expectativa

23 de Setembro, 2019

Tcnico sambila parabenizou a forma como a sua equipa reagiu ousadia do Sporting de Cabinda

Fotografia: Jos Soares | Edies Novembro

O técnico do Progresso do Sambizanga, Kito Ribeiro, afirmou que a grande motivação psicológica e a determinação da equipa estiveram na base do triunfo da sua equipa, sobre o Sporting de Cabinda, por 2-1. Argumentou que depois de uma intensa preparação e recuperação mental, os jogadores entraram galvanizados e foram capazes de transformar os desejos em realidade.
“Viemos de um resultado negativo na ronda anterior e fizemos um importante trabalho de moralização do grupo, que soube corresponder às expectativas. Enfrentamos um adversário que lutou até ao fim, mas fomos capazes de materializar o objectivo preconizado”, disse.       
Acrescentou que o resultado positivo só foi possível,  graças ao grande voluntariado protagonizado pelos jogadores, na medida em que entraram galvanizados na luta pela difícil vitória. Com este resultado, o Progresso soma a segunda vitória na prova.
Para o técnico Emenã Kuanzambi, algumas falhas no sector defensivo foram indicadas como causas da derrota do Sporting de Cabinda diante do Progresso do Sambizanga. Em declarações à imprensa, após o desafio, visivelmente desolado, o treinador questionou os critérios de decisão do árbitro, que sancionou um penálti contra o seu conjunto, referiu que os erros da defesa também influenciaram para o resultado negativo.
“Foi um bom jogo. As duas equipas proporcionaram uma competição digna, apesar do resultado desfavorável, muito por culpa das falhas cometidas. Tenho algumas dúvidas do critério utilizado pelo árbitro Mbunga Nkazi, para assinalar o penálti contra a nossa equipa, que deu o golo da vitória do adversário”, frisou.