Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Acadmica do Lobito apresenta plantel para competir no Zonal

Jlio Gaiano, no Lobito - 06 de Junho, 2012

Estudantes do Lobito esto a organizar a sua turma.

Fotografia: Jornal dos Desportos



A direcção da Académica Petróleos  Clube do Lobito prepara-se para no próximo domingo proceder à apresentação do seu plantel que vai competir no torneio de apuramento ao Girabola de 2013, cujo sorteio acontece amanhã na Federação Angolana de Futebol, apurou o Jornal dos Desportos de fonte ligada à direcção da agremiação. A fonte revelou que, para a campanha para a “Segundona”, a direcção da Académica promete aparecer com um plantel jovem, com uma média de idades de 21 anos, sendo a maioria dos atletas formados no clube.

Por este facto, o regresso ao Girabola continua no plano secundário, embora se reconheça que esta pretensão contraria a vontade da maioria dos associados e adeptos do clube. “Estamos a trabalhar no sentido de, num prazo de não menos de dois anos, reaparecermos em grande e prontos a discutir o regresso ao Girabola e aí nos mantermos. Enquanto isso não acontecer, vamos direccionar as nossas atenções na reorganização “, disse a fonte. “Não estamos preocupados com o regresso imediato da equipa ao Girabola sem que para tal estejamos também prontos do ponto de vista atlético”, acrescentou depois a fonte.

O dirigente lembrou que caso a equipa consiga de forma acidental o passe para o Girabola2013,  a direcção tem de redefinir as estratégias traçadas para com a equipa de futebol. “Vamos ter de sentar e rever tudo. Buscar outras fontes de apoio para a equipa de futebol no Girabola e evitar a pouca vergonha que vivemos enquanto aí estivemos. Se possível, reforçar o plantel e quiçá a equipa técnica ”, disse.
 
RENOVAÇÃO
Grande parte dos jogadores da Académica que actuaram no Girabola de 2011 abandonou o clube, em particular para a Académica do Soyo, que acolheu a maioria. Em função disso, a direcção do grémio lobitanga entendeu arrumar a casa e apostar em novos atletas formados no clube, preparando já uma equipa do futuro com menos dispêndios financeiros. “Este é um trabalho que exige de nós paciência e muito empenho. Pois, de contrário, estávamos a enganar a nós mesmos”, disse. O dirigente afirmou que “formar uma equipa com atletas jovens requer muito trabalho e entrega de todos envolvidos no processo” e anunciou para os próximos dias declarações públicas do presidente do clube sobre o assunto.

ESTUDANTES

Campeões provinciais com sabor amargo 

A Académica do Lobito sagrou-se campeão provincial de futebol.
A formação lobitanga totalizou 14 pontos, resultantes de quatro vitórias e dois empates, numa prova em que participaram as formações do 1º de Maio de Benguela (11 pontos), Atlético da Camunda (8) e 17 de Maio (0), para além dos estudantes. As formações do Marítimo FC de Benguela, Pérola Negra da Baía Farta, Desportivo do Dombe Grande e Recreativo do Cubal, que nas duas últimas edições participaram na prova, desistiram alegando problemas técnicos e administrativos, segundo fonte afecta à APF local, uma versão não confirmada pelos dirigentes das agremiações desportivas.

O Jornal dos Desportos soube que a não participação das equipas na prova associa-se ao “desmerecimento” que os clubes receberam da parte da APFB aquando da indicação dos votantes ao pleito que legitimou a liderança de Pedro Neto na FAF. A prova foi disputada sem aquele fulgor de então, tirando assim a competitividade que se esperava. Agentes há que rotulam a prova como simples torneio para dar rodagem e ritmo competitivo aos representantes da província no Zonal de Apuramento.

Além da Académica do Lobito, Benguela pode participar na “Segundona” com o 1º de Maio de Benguela, 17 de Maio de Benguela, Atlético da Camunda e União da Catumbela. Esta abdicou do “Provincial” para melhor preparar-se para o Zonal. “O clube não tinha dinheiro para fazer face às duas frentes, por isso tivemos que escolher um só caminho”, justificam os dirigentes do grémio da Catumbela. JÚLIO GAIANO, no Lobito

GARANTIA DE  GOMES
Festival juvenil do Progresso tem periodicidade trimestral


O secretário-geral do Progresso do Sambizanga, António Gomes, disse ao Jornal dos Desportos que o festival de futebol infantil realizado no passado fim-de-semana pelo clube tem uma periodicidade trimestral. O dirigente disse que todos os meses há um programa com todos os núcleos de futebol de formação, razão pela qual a direcção do clube vai tentar envidar todos os esforços no sentido de encontrar apoios e desta feita haver mais equipas nos municípios, de forma a que o clube consiga dar a sua maior contribuição com a realização do festival competitivo.

António Gomes disse que o Progresso, sendo um clube situado no distrito do Sambizanga, onde tem muitas organizações cívicas, faz parcerias com estas. “É uma forma encontrada para dar a sua contribuição enquanto clube para juntos podermos crescer”, disse.
Uma outra estratégia, em alternativa, tem a ver, segundo António Gomes, com a criação de bases a nível de atletas vindos do próprio município, porque muitas vezes torna-se difícil virem do Cazenga ou do Golfe. “Por essa razão, há todo o interesse em criar uma base de dados noutros municípios, como o de Cacuaco, cuja ideia é promover e massificar o futebol jovem”, esclareceu.  AVELINO UMBA

ELEITO DOMINGO
Francisco Kizembe lidera a APF do Bengo
O antigo jogador dos Dínamos do Bengo, Francisco Adão Kizembe “Tostão” foi eleito neste fim-de-semana, em Caxito, presidente da Associação Provincial de Futebol do Bengo. Depois de sucessivos adiamentos, por falta de quórum, o pleito foi realizado e consagrou o candidato da lista (B), que derrotou na disputa António Fabião Bento (da lista A), ausente no pleito eleitoral por razões desconhecidas.
 A lista B venceu o concorrente da lista A com dois votos a favor, nenhum contra e nenhuma abstenção, num universo de dois votantes, num processo que teve como presidente da comissão eleitoral, Adão Sebastião Manuel.

Na ocasião, o vice-presidente de direcção da lista vencedora, António Fernandes, prometeu trabalhar na reestruturação da APF do Bengo e corrigir os erros do antigo elenco. O responsável frisou que a nova direcção vai no quadriénio 2012/2014 dar prioridade no seu programa de acção ao relançamento do futebol jovem, bem como a expansão da modalidade em todos os municípios e comunas da província, além da formação do pessoal e infra-estruturas. António Fernandes convidou os integrantes da lista concorrente a trabalharem juntos, para o bem do futebol na província do Bengo.

SEGUNDONA
Académica do Lobito aproveita particulares


Com o pensamento virado para o torneio de apuramento ao Girabola’2013, na Segundona, a formação principal da Académica Petróleos Clube do Lobito realizou alguns jogos particulares para testar a capacidade técnica e desportiva do seu plantel, facto que deixou radiante o treinador principal, José Silvestre Pereira “Pelé”, que os qualificou de proveitosos. “Depois de um campeonato estafante, realizámos dois jogos de controlo com equipas do Girabola, nomeadamente, Kabuscorp do Palanca (0-2) e FC Bravos (2-2), que deu para tirar as devidas ilações.

Foi proveitoso e, por isso, sinto que temos uma equipa compenetrada e que pode fazer boa figura na Segundona”, referiu ao Jornal dos Desportos Silvestre Pelé. O treinador disse que tem o objectivo de formar uma nova equipa para o futuro. Na próxima quarta-feira, os estudantes lobitangas medem forças com a formação do Clube Recreativo da Caála, que aproveita a pausa do Girabola’2012 para dar maior rodagem competitiva aos jogadores menos utilizados e, desta feita, garantir a estabilidade atlética do plantel.

O desafio tem lugar a partir das 15h30 no Estádio do Buraco, prometendo casa cheia, a julgar pelos dois últimos jogos de treino já realizados, um diante do Kabuscorp do Palanca (0 a 2) e  o outro contra o FC Bravos do Maquis (2 a 2). Muita gente se deslocou ao local para ver os encontros. “Parecia um jogo a sério”, exteriorizaram os adeptos da bola que assistiram aos espectáculos.
JULIO GAIANO, no Lobito