Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Acadmica monta estratgias na Catumbela para o Girabola

Jlio Gaiano, no Lobito - 02 de Fevereiro, 2012

Equipa tcnica da Acadmica Petrleos do Soyo est satisfeita com o empenho dos jogadores

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa técnica da Académica Petróleos do Soyo está satisfeita com o empenho dos jogadores que, no município da Catumbela, Benguela, trabalham na preparação para a época futebolística de 2012.

Com o estádio Fragoso de Matos a servir de “quartel-general” do grupo, Agostinho Tramagal e coadjutores empenham-se na recuperação do tempo perdido, pois, ao contrário das demais equipas que vão competir no próximo Girabola e Taça de Angola, os estudantes do Soyo começaram a preparação muito tarde, como reconheceu ao Jornal dos Desportos o adjunto Águas da Silva.

“Por enquanto, estamos a privilegiar a força e a resistência nas vertentes aeróbica e anaeróbica, associadas à técnica e táctica para dotar o colectivo de trabalho de espírito de grupo. Estamos satisfeitos com a entrega dos jogadores, sobretudo dos novos que connosco trabalham”, explicou o professor Águas da Silva, para quem as condições colocadas à disposição da equipa técnica pela direcção do clube são boas e suficientes para desenvolver um trabalho profícuo nesta pré-temporada.

A preparação dos estudantes do Soyo, sob orientação de Agostinho Tramagal, realiza-se em regime bi-diário, sendo a vertente física e de resistência (aeróbica e anaeróbica) realizada de manhã, enquanto a táctica e técnica acontecem à tarde. Capacitar o conjunto e dotá-lo de espírito de grupo é o que pretendem, nesta primeira fase da preparação, os treinadores dos estudantes da Base do Kwanda.

Amistoso
O amistoso realizado na última terça-feira, no estádio Fragoso de Matos, diante do Kabuscorp do Palanca, que também estagia em terras de O’mbaka, foi proveitoso, pois serviu para testar os níveis competitivos dos jogadores, apesar da derrota (2-4), disse o técnico-adjunto da Académica do Soyo. Águas da Silva avançou que o jogo com o vice-campeão nacional foi mais um dos muitos programados pela equipa técnica no estágio em terras benguelenses.

“Repare que estamos no segundo dia (aconteceu terça-feira) do segundo microciclo de trabalho, ao contrário da equipa adversária, que vai no primeiro mesociclo, estando a desenvolver já trabalhos específicos. Por isso, não estamos preocupados, pois serviu para testar os níveis competitivos dos nossos jogadores, sobretudo na sua mobilidade em campo”, sublinhou.


Estudantes contratam Cristiano

O central de marcação Cristiano Kitembo (ex-Académica do Lobito) é o destaque na lista de reforços do plantel da Académica Petróleos do Soyo, treinada pelo professor Agostinho Tramagal, que pretende moldar uma equipa forte e coesa. O atleta em causa esteve envolvido num dos badalados “casos”, que resultou na anulação da vitória da Académica do Lobito diante da sua nova equipa. Na altura, a direcção da Académica do Soyo alegou ilegalidade pela utilização de Cristiano por não ter cumprido castigo federativo (acumulação de cartões amarelos).

A direcção do Clube do Soyo selou também os contratos com Feliciano, Yano, Nilton e Zico (ex-Académica do Lobito), Pike e Madack (ex-1º de Maio de Benguela), Filipe (ex-Benfica do Lubango), Maninho (ex-Clube Desportivo da Huíla) e Tuabi (ex-ASA). Os referidos jogadores não são os únicos que trabalham às ordens do técnico da Académica do Soyo. Agostinho Tramagal tem sob observação muitos jovens que tentam a sorte por uma vaga no plantel.

Para a época que se avizinha, que abre a 3 de Março, com a primeira-mão da Supertaça, a equipa técnica da Académica do Soyo não conta com os préstimos de alguns atletas que representaram o clube no Girabola 2011. São os casos do guarda-redes Lando, que saiu para o Libolo, e dos médio Projecto, agora na Caála, e Sudney, transferido para o 1º de Agosto.

Quanto aos dispensados, o destaque recai para os gémeos Francisco (avançado) e Joãozinho (defesa). Outros atletas que na óptica do técnico renderam pouco e foram mandados embora são René, João, Pemba, Zuma, Camara, Zinho, Sididey e Décio. A Académica do Soyo tem como objectivo melhorar o 10º lugar  alcançado em 2011 e chegar o mais longe possível na Taça de Angola.  Júlio Gaiano, no Lobito