Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Acadmica quer vencer o JGM

25 de Junho, 2017

Estudantes mantm a motivao para a sequncia vitoriosa em casa

Fotografia: Vigas da Purificao

 A coincidência é real, mas há motivos para acreditar que os estudantes com mais qualidade no plantel, saibam lidar melhor com a pressão de vencer, e afundem ainda mais o concorrente directo.

A interessante luta pelos pontos, põe à prova, os nervos das duas equipas. Este, é dos jogos, em que o mais importante é pontuar. A situação aflitiva dos contendores faz com que ambos percebam, o que significa perder esta tarde. É ponto assente, que não significa despromoção automática, mas é bem capaz de contribuir para que aconteça mais cedo ou mais tarde.

Os estudantes estão onde sempre estiveram, nas últimas três temporadas consecutivas, a lutar para evitar descer de divisão. O hábito fez lei, mas demora a derrubar os estudantes,  mais uma razão para manter a fé na capacidade do plantel de fugir do aparente destino.

Antes e depois da entrada de José Silvestre, a Académica deu passos tímidos em direcção à recuperação, e esta tarde diante de um adversário do seu campeonato, os estudantes têm o que precisam para andar no caminho dos bons alunos.

O JGM está a saborear maus resultados, nesta primeira experiência, de disputar o Girabola ZAP. A manutenção continua no imaginário da equipa,  falta sequência de resultados para o primodivisionário ir ao encontro da meta traçada.

A deslocação ao Buraco, ainda está longe de ser o jogo da época para a formação orientada por Águas da Silva, já que ainda falta muito campeonato, mas é fundamental que a equipa do JGM  aproveite para pontuar diante de um concorrente directo, no campeonato da despromoção. Qualquer resultado, excepto a derrota, serve para as aspirações traçadas. O mais importante nesta fase, é não perder de vista, os demais lutadores do campeonato dos aflitos.

Uma vitória para qualquer contendor, não trás nada de extraordinário no campeonato angolano, mas muda a sorte de quem vencer. Com a intermitência de resultados no campeonato da despromoção, é normal ver o vencedor a sair da jornada, classificado acima da linha de água.



DIRECTOR  DA ACADÉMICA
“Duas equipas equiparadas”


A direcção da Académica Petróleos Clube do Lobito garante ter as condições criadas para recepção esta tarde às 15h30, no Estádio do Buraco, ao JGM do Huambo, pontuável para a 16ª jornada do Girabola Zap2017.

O director - geral do grémio lobitanga, Duarte Adriano “Esquerdinho”, afirmou ao Jornal dos Desportos que a vitória é o único resultado que interessa à sua formação, ante um adversário do seu campeonato.

O dirigente assumiu o favoritismo e apelou ao público que apareça em massa ao Estádio, para prestar o  apoio incondicional, para que a vitória em casa seja um facto, já que o adversário “não é pêra doce”.

“Vai ser um jogo difícil, porque as duas equipas equiparam-se no que toca ao estilo de jogo e ao nível competitivo, porém, isso não nos preocupa. Apenas os três pontos nos interessa para manter acesa a luta pela permanência na primeira divisão\", afirmou.

Em jeito de alerta, deixou uma mensagem de união. \"Necessitamos do calor do público no Estádio. Vai fazer bem aos jogadores, sobretudo, nos momentos em que as coisas tendem a correr mal”, esclareceu.

Duarte Esquerdinho assegurou, que a rapaziada está motivada e preparada, para fazer jus à condição de anfitriã. “Este, é o desejo alimentado no seio do grupo, o resto não interessa”, sublinhou.
Júlio Gaiano - Lobito