Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Acerto reajusta corrida ao título

Betumeleano Ferr?o - 26 de Julho, 2017

Equipas reacendem a esperança de estar na corrida ao título.

Fotografia: Jornal dos Desportos! Edições Novembro

O triunfo gordo do Recreativo do Libolo sobre o 1º de Maio de Benguela, por 4-1, além de acertar o calendário do Girabola ZAP, também deu uma amostra do que pode ser a corrida ao título, quando os candidatos estiverem em igualdade de circunstâncias, com todos os jogos completos.

Os libolenses saíram de Benguela com três pontos, reacendem a esperança de estar na corrida ao título, pois, ainda têm mais seis pontos "guardados", qualquer um deles capazes de colocar no pelotão da frente do campeonato, se houver aproveitamento 100  por cento, até à realização dos dois jogos em atraso. Um dos jogos, em atraso, dos libolenses vai ser com o rival Petro de Luanda, um dos grandes obstáculos a ultrapassar, antes do Libolo chegar ao topo da classificação, para desalojar o tranquilo 1º de Agosto.

Acertada a estratégia de jogar sem  quatro atletas fundamentais, alargou a margem de erro do 1º de Agosto com todos os jogos completos, os militares olham para baixo e respiram de alívio por ver que o Kabuscorp, segundo classificado, também tem os jogos completos, mas tem sete pontos de atraso.

O intermitente percurso dos palanquinos, na segunda volta, faz com que os militares estejam à espera que o perigo venha de uma outra fonte, e é ponto assente que o 1º de Agosto esteja ciente de que o Kabuscorp está condicionado, e seja incapaz de ter pernas para acelerar, ao ponto de fazer uma aproximação perigosa.

Um dos motivos de alegria do 1º de Agosto, é saber que o rival Petro de Luanda só tem uma única hipótese de chegar ao primeiro lugar, vencer todos os jogos, incluindo os quatro em atraso. Esta, é a condição indispensável para os tricolores voltarem a condição em que se encontravam, antes de entrar de "férias" no campeonato, por causa dos compromissos da selecção.

 O facto, de um dos jogos em atraso dos tricolores ser contra os libolenses, é uma boa nova para o 1º de Agosto, os dois perseguidores precisam de todos os pontos possíveis para terem esperanças de prevalecer contra o líder num jogo entre si, é impossível que os dois ganhem, um dado que faz com que os militares estejam a torcer para que o Libolo no mínimo empate com o Petro.

A margem de erro do 1º de Agosto é maior do que dos outros candidatos ao título, os militares estão numa posição inalcançável, e agora estão na expectativa de ver o que os outros vão fazer, quando tiverem os jogos completos. Até lá, o 1º de Agosto vai manter o foco em somar pontos quantos forem possíveis, pois nesta altura, está a caminhar de maneira firme para a renovação.