Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Adeptos tricolores garantem civismo

Avelino Umba - 11 de Setembro, 2015

Apoiantes do Petro prometem festa

Fotografia: Paulo Mulaza

A informação foi prestada ao Jornal dos Desportos por um membro da claque do Cacuaco, Inocêncio Pombal.

Residente na Petrangol e adepto dos tricolores há mais de 20 ano, Inocêncio Pombal assegurou que as claques do Petro de Luanda estão organizadas para participarem de forma ordeira na festa do futebol, por isso prometem fazer tudo para que os maus comportamentos do passado não voltem a acontecer.

"Queremos fazer uma festa à dimensão do clássico. Isso é fazer com que todos festejemos sem qualquer constrangimento fora e dentro do estádio. Uma vitória da nossa equipa seria bom, mas melhor ainda, será o convívio salutar com a nossa equipa e com os adversários (jogadores e adeptos ", disse.

Desta feita, o jovem apela a toda massa associativa do Petro de Luanda, sócios, amantes e simpatizantes a primarem pela boa conduta, de modo a não prejudicar a equipa, sob pena de sofrer a mão pesada da Federação Angolana de Futebol (FAF).

Por sua vez, Luís João, também da claque do Cacuaco, disse estar certo de que o jogo de amanhã vai resultar numa vitoria a favor dos tricolores, apesar de reconhecer a potencialidade do adversário que está a lutar para o título.

"Sabemos o quanto o nosso adversário está a se agigantar, a julgar pelos seus objectivos, que passam pela conquista do título. Eles (militares do 1º de Agosto) estão melhor do que nós (tricolores) na classificação, pois estão em terceiro lugar. Mas, apesar de não lutarmos para o título, um clássico é sempre um jogo de muitas emoções. Por esta razão, os nossos jogadores sabem da responsabilidade deste jogo, pois só vitória nos interessa", realçou Luís João.