Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Adeus 2019

30 de Dezembro, 2019

Fotografia: Jos Cola | Edies Novembro

A inédita medida poderia muito bem ter sido evitada, avisos não faltaram, mas Bento Kangamba e seus colaboradores fizeram ouvidos de mercador até que lhes sobreveio a esperada desgraça. Por exemplo, muitos meses antes de se consumar a medida administrativa que tirou a equipa do Girabola, o Jornal dos Desportos noticiou em primeira mão que bastava uma nova queixa de Rivaldo à FIFA para os palanquinos, que já tinham ignorado anteriores sanções, receberem a pena máxima. 

A bem da verdade, a equipa do Palanca chegou a perder 9 pontos na secretaria, mas sempre fez crer que era só uma questão de tempo para recuperar o que dizia ser seu. Tanto se mostrou confiante que não enviou para ao órgão reitor do futebol mundial os comprovativos dos pagamentos a Rivaldo, o que acabou por ser determinante para esta orientar à FAF a despromover o clube infractor. 

O rude golpe da FIFA foi devastador demais para o Kabuscorp. É verdade que o plantel fez pela vida para se manter alheio ao que se passava nos bastidores. Mesmo com os pontos perdidos na secretaria a equipa conseguiu terminar em quarto com 50 pontos, uma pontuação boa demais para a temporada conturbada que a equipa viveu. 

Infelizmente para o corpo técnico e atletas, o sacrifício sem lucro não lhes levou a lado nenhum. Treinadores e jogadores tiveram brio profissional para terminar a época de cabeça erguida, mas como a direcção não fez a sua parte o castigo acabou por ser doloroso para todos e, pela segunda vez na história, a primeira foi em 1998, o peso dos regulamentos retirou a equipa do Palanca do Girabola.