Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

guias tentam ltimo voo

Betumeleano Ferro - 27 de Setembro, 2015

Tcnico do Benfica de Luanda Zeca Amaral.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Benfica de Luanda tenta relançar em definitivo esta tarde, a partir das 16 horas nos Coqueiros, a sua candidatura ao título do Girabola. A recepção ao líder Recreativo do Libolo "vai ser o jogo do tudo ou nada", apurou ontem o Jornal dos Desportos no derradeiro treino encarnado.

A derradeira oportunidade de fazer com que a esperança seja a última coisa a morrer é o único pensamento existente no balneário de Zeca Amaral. A equipa vem de uma sequência de 4 jornadas sem ganhar mas esta tarde vai tentar tudo para inverter este quadro, "chega de tantos jogos sem ganhar, não queremos mais empatar ou perder, temos de ganhar", um atleta encarnado numa conversa informal com o nosso diário.

A equipa encarnada aproveitou o estágio no Lubango para preparar o embate com o Libolo, ontem nos Coqueiros o técnico Zeca Amaral limitou-se a limar pequenas arestas. A maneira pouca interventiva como o treinador e seus colaboradores se comportaram no treino permitiu ler nas entrelinhas que o treino de ontem tinha mais como objectivo fazer um reconhecimento ao estádio.

Ainda assim, o técnico deu uma atenção extra aos lances de bola parada, grande parte da labuta foi dedicada a este tipo de jogada que tem dado muitos golos ao Benfica e também ao Libolo. O modo como os jogadores se posicionaram na hora de defender ou atacar os livres a entrada da área e os cantos evidencia que as águias querem evitar ser superados pelo poderio aéreo do adversário.

O técnico Zeca Amaral convocou todos os disponíveis para o decisivo embate contra o Libolo, o treinador foi dos primeiros a abandonar os Coqueiros. Apenas na véspera do jogo é que se vai saber com que jogadores ele pretende contar na recepção aos libolenses.

O embate desta tarde é o primeiro considerado decisivo em que os técnicos Zeca Amaral e Simão Paulo, e os atletas Adawa, Gomito Cassule, Vado e Ruben enfrentam a antiga equipa, o Recreativo do Libolo, que num passado recente ajudaram a se tornar campeã nacional.