Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Albano Csar aposta num grupo forte

Avelino Umba - 30 de Março, 2016

Treinador Sambila trabalha os nveis de motivao da equipa e na recuperao dos jogadores lesionados com o grupo completo no mini estgio em Luanda

Fotografia: Jos Cola

O treinador do Progresso Sambizanga, afirmou ao Jornal dos Desportos, que a sua equipa está motivado e com as atenções centradas no jogo frente deste sábado, às 15h00, no estádio do Buraco frente a Académica do Lobito, referente a 6ª jornada do Girabola Zap.

Albano César revelou que os “Sambilas” estão compenetrados e cientes das suas responsabilidades, pois, o objectivo é manter a sequência de resultados positivos. Admitiu que o micro estágio realizado no Decifer Sport Resort, no Patriota, em Luanda permitiu o plantel manter os níveis de motivação e concentração.

“Não descansamos nesta paragem do Girabola, pelo contrário, demos continuidade aos trabalhos que tínhamos em agenda de acordo o nosso programa de preparação”, especificou o técnico, que no entanto, aproveitou para esclarecer alguns mal entendidos.

“Estava previsto fazermos este mini estágio no Lobito, mas por alguns motivos tivemos que o cancelar e achamos conveniente realizar em Luanda, num local que consideramos ideal com as condições e sossego que se necessitávamos”, declarou o técnico.

Acrescentou que as infra-estruturas oferecem condições para manter o grupo concentrado e sem qualquer tipo de problemas para o trabalho digno que pretendem. “O local eleito reunia as condições para continuarmos a fazer os nossos trabalhos até a véspera do jogo”, frisou.

Ainda de acordo o técnico “Sambila”, o local poderá acolher a equipa sempre que for possível, ou seja, quando as necessidades exigirem. “Sempre que sentirmos existir necessidade para manter o grupo unido e concentrado, poderemos recorrer a este local”, precisou.

Albano César encara todos os jogos como autenticas finais, por isso, pretende conquistar o maior números de pontos possíveis.”Todos os jogos são importantes para nós, por esta razão, o que importa é que vamos com a ambição em alta em cada jogo”, sublinhou.

Apesar de jogar num estádio complicado para qualquer visitante, assumiu que o plantel às suas ordens, “trabalhou a todo o gás para não facilitar o adversário no seu reduto, a julgar pela ambição do seu oponente em querer ficar com os três pontos em casa”, destacou.

MASSA ASSOCIATIVA
Treinador apela à calma e paciência


Digerida a fase critica que a equipa atravessou nas primeiras três jornadas em que averbou um empate e duas derrotas, o Progresso do Sambizanga deu a volta por cima e nas duas últimas jornadas venceu as partidas, uma fora e outra no seu reduto. Em véspera de mais um duelo complicado no sempre difícil  Estádio do Buraco, Albano César está ciente do grau de dificuldades para manter a equipa na vertente de vitórias, acredita na capacidade e espírito de conquista do plantel que dirige.

Para não serem surpreendidos e quebrar o ciclo que pretendem manter rumo ao objectivo traçado pela direcção, o treinador pediu calma e paciência aos adeptos do clube “Sambila” e garante que a equipa tudo vai fazer para não defraudar.

Reconheceu que o arranque não foi dos melhores, contudo, rejeitou fazer qualquer comparação em relação à época passada, assumiu que a equipa teve alguns percalços este ano, mas garantiu que estão ultrapassados e os jogadores lesionados estão a recuperar e motivados para ajudarem a equipa naquilo que for necessário.

“Devo dizer que não fui eu que na altura orientava a equipa, mas acho que nesta época estamos com três pontos a mais, comparado à classificação anterior quando a prova  levava cinco jornadas”, avaliou. 

“Queremos fazer um campeonato tranquilo, embora nem sempre as coisas correm bem. Conseguimos duas vitórias consecutivas, mas isto não implica dizer que não tenhamos dissabores”, alertou consciente do equilíbrio na prova. Advertiu que ninguém está isento de perder, “ as equipas estão a desenvolver-se cada vez mais. Espera-se por um campeonato mais renhido a julgar pela capacidade das equipas que se encontram mais fortes”, comentou.

“Acredito que o nosso grupo está a dar um passo muito importante e muito positivo em termos classificativos. É preciso termos paciência, estarmos determinantes e devemos  encorajarmo-nos para isso. Por último afirmou que “as coisas no futebol são muito difíceis e que às vezes incompreensivelmente quer queira ou não, as coisas acontecem de forma, não digamos injusta, mas inesperada” concluiu. 
AU


ESTADO CLÍNICO
Plantel sambila
mostra melhorias


 A par da necessidade de manter o grupo compacto, Albano César apontou o acompanhamento dos jogadores lesionados e adoentados como uma das razões que levou a direcção e a equipa técnica a programarem o estágio.

O treinador referiu que a situação clínica da equipa está a melhorar, confessou que o micro estágio tem sido bastante proveitoso e os jogadores lesionados, com excepção de Nzau e Luís, os restantes já regressaram ao trabalho com o grupo.

“A questão de lesões e doenças de alguns jogadores, ainda no inicio da semana finda, esteve também na base que encontrássemos um local em Luanda para concentração da equipa, sob pena de termos uma equipa partida. Falo de Luís que esteve na Namíbia em tratamento de uma lesão no ombro direito e está a fazer a recuperação cá em Luanda", precisou.

“O Nzau, fracturou o dedo pequeno do pé direito numa das sessões de treinos e está a recuperar de forma satisfatória. Avex esteve com problemas de algumas dores de cabeça, Yano está a recuperar de uma lesão no tornozelo direito assim como Almeida da lesão que padecia no joelho direito” explicou.

Com estas contrariedades, de acordo com Albano César, a equipa estando fora de Luanda nesta altura teria um grupo partido, o que não ficaria bem, “já que os jogadores referenciados estão em fase de recuperação absoluta”, avançou. Os “sambilas” treinam hoje a partir das 16h00 no estádio da Cidadela Desportiva.
AU