Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Ameaa ao lder

JOO CONSTANTINO, NO CUITO - 07 de Março, 2019

Brasileiro Tony marcou o tento do Petro no jogo de ontem no Cuito diante do Cuando Cubango FC

Fotografia: Agostinho Narciso | Edies Novembro

O Petro de Luanda encurtou a diferença para um ponto em relação ao líder 1º de Agosto (35/34) após vencer, ontem, no Cuito, o Cuando Cubango FC, por 1-0, no fecho da 17ª jornada do Girabola Zap 2018/2019. Na sua primeira deslocação ao Bié, o atacante brasileiro Tony fez gosto ao pé, aos 52 minutos, ao aproveitar uma distracção da defesa da casa, numa jogada em que a defensiva caseira pediu fora de jogo.Numa tarde boa para a pratica de futebol, com mais de 10 mil adeptos, num recinto para cinco mil, o Petro de Luanda entrou com vontade de resolver o jogo nos primeiros 15 minutos, mas viu os seus intentos frustrados, pois esteve diante de uma equipa bem estruturada, liderada pelo técnico Albano César.
Petro de Luanda não foi superior a equipa do Cuando Cubango, pelo contrário, as jogadas foram repartidas. O sinal mais dos tricolores pertenceu a Vá, aos 20´, que dentro da área rematou forte para o corte providencial do capitão Lito para canto.
O empate serviu para as duas equipas até ao minuto 52, quando Tony fez o golo que deu a vitória à equipa forasteira, enquanto os adeptos do Cuando Cubango e atletas pediram fora-de-jogo, em nossa opinião inexistente, facto que originou arremessos de objectos contundente para a quadra de jogo, junto à segunda assistente Adália Jeremias.O resultado não sofre contestação, pois durante o jogo o Petro de Luanda procurou mais o golo e quando conseguiu, como é habito das equipas africanas, deixou de jogar e  apostou no anti-jogo, com lesões falseadas.
Tal posição enfureceu os adeptos e atletas do Cuando Cubango FC, tendo o árbitro Chitano Francisco mostrado o cartão amarelo ao guarda-redes Élber, do Petro de Luanda, por queima de tempo. 
A mudança do jogo do Petro no segundo tempo, aconteceu com a entrada de Manguxi para o lugar de Além (54´) e de Job para o lugar de Mateus (50´). O marcador do golo (Tony) deu o seu lugar a Benvindo (72´).
O técnico Albano César também fez algumas mexidas, três no total. Paulucho, Cuca e Cassinda entraram para os lugares de Dadão, Tchube e Mayanga.