Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Ary Papel cumpre castigo

Jorge Neto - 02 de Março, 2016

Atleta militar foi admoestado em duas ocasies com a cartolina amarela e fica sem jogar no sbado diante do 4 de Abril

Fotografia: Nuno Flash

A direcção do 1º de Agosto não vai recorrer ao Conselho de Disciplina da Federação Angolana de Futebol para anular o cartão vermelho, por acumulação, mostrado ao médio ofensivo Ary Papel, pelo árbitro José Álvaro, no desafio do domingo passado, diante do Progresso Sambizanga.

Os militares, segundo um dos dirigentes do clube ouvido ontem pela reportagem deste jornal, consideram não haver necessidade de escrever à FAF com a intenção de se retirar o segundo cartão amarelo ao seu jogador, pelo facto deste ter sido "bem expulso".

"Nós (1º de Agosto) não vamos escrever à FAF para pedir que seja revisto, através do vídeo, o segundo cartão amarelo ao Ary Papel, por considerarmos que o árbitro esteve certo. O Ary não devia entrar em campo sem a autorização do árbitro", disse convicto, fazendo alusão as leis do jogo.

De acordo com a fonte que citamos, "o jogador vai cumprir um jogo de suspensão, que é a penalização aplicada nos casos de expulsão por acumulação de cartões amarelos e vamos respeitar este princípio", garantiu .

Ontem de manhã, no campo do ex-RI20, o jogador treinou com o grupo, na primeira sessão de trabalho da semana, após a folga de segunda-feira, mas conformado de que vai falhar a recepção ao 4 de Abril do Cuando Cubango, no próximo sábado, às 18h00, no estádio 11 de Novembro, referente à terceira jornada do Girabola Zap.

Hoje de manhã, no mesmo palco, o técnico bósnio Dragan Jovic promove a segunda sessão de treinos da semana. Com a ausência de Ary Papel confirmada, a equipa técnica militar tem disponíveis outros jogadores com características ofensivas, casos de Geraldo, Mingo Bile e Patrick.

Geraldo entrou na segunda parte no jogo anterior e tem agora uma boa oportunidade para regressar ao "onze" inicial, uma vez que Mingo Bile tinha sido a primeira opção de Dragan Jovic. Contudo, a disputa pela vaga deixada por Ary Papel não se resume apenas a estes jogadores, pois o plantel rubro-negro é vasto e com alternativas suficientes para colmatar a ausência do influente médio ofensivo.