Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Ary Papel e Kila fora das opes

Jorge Neto - 17 de Outubro, 2019

Os dois atletas recuperam das respectivas leses e falham a recepo ao Cala

Fotografia: M.MACHANGONGO | Edies Novembro

Os extremos Ary Papel e Kila voltam a falhar a recepção da formação do Recreativo da Caála, no próximo domingo, às 17h00, no estádio 11 de Novembro, em desafio de acerto da 6ª jornada do Girabola Zap.
Os dois jogadores influentes na manobra da formação da militar, recuperam das respectivas lesões, sendo que ainda não estão em condições de regressarem às opções técnicas, depois de desfalcarem os tetra-campeões na ronda anterior, diante do Interclube.
Depois da vitória dos militares diante dos polícias, domingo passado, por 1-0, o conjunto orientado pelo sérvio Dragan Jovic pretende manter-se na onda dos triunfos, para garantir a manutenção no topo da classificação geral, onde lidera com 18 pontos, ou seja, mais um em relação as equipas da Académica do Lobito e do Recreativo do Libolo.
Os agostinos atravessam um bom momento no campeonato e ambicionam conquistar pontos a cada jornada, para garantir a liderança nesta primeira volta da competição, onde o objectivo principal se restringe na conquista do penta-campeonato.
Os militares preparam com todas as cautelas a recepção ao conjunto de Hélder Teixeira, com os jogadores a apresentarem-se bastante motivados, em função das seis últimas vitórias conquistadas, depois da derrota na estreia diante do Progresso do Sambizanga.
Com a excepção de Ary Papel, Kila e Dago (recuperar de uma cirurgia) o técnico sérvio Dragan Jovic conta com o grosso do plantel para este desafio, de igual importância em relação aos já disputados, pois estarão em jogo os três pontos.
A defesa militar continua a pautar pela consistência no sector, onde o guarda-redes Tony Cabaça sofreu apenas dois golos em sete desafios, transmitindo segurança aos colegas com quem actua naquela área do campo, nomeadamente Massunguna, Bobó, Paizo e Isaac.
O 1º de Agosto reconhece o favoritismo que tem neste jogo, mas sabe que vai enfrentar um adversário habituado a marcar golos, ao mesmo tempo que sofre poucos tentos. Esses dados foram detalhados pelo departamento de scouting do clube, que tem esta responsabilidade.