Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Ary Papel trabalha no ginsio

Jorge Neto - 01 de Julho, 2016

Atleta tem sido poupado devido as dores que o apoquentam e falhou o jogo com o ASA

Fotografia: Jos Cola

Com o objectivo de recuperar totalmente a condição física o médio ofensivo do 1º de Agosto, Ary Papel, está a trabalhar no ginásio, a margem da preparação dos colegas, no relvado do campo do ex-RI20.

O departamento médico do clube acompanha com atenção a evolução do melhor marcador da equipa nos últimos dois anos, e está acredita que o atleta pode integrar o grupo na próxima semana, tendo em vista o jogo diante do Benfica de Luanda, referente a 16ª jornada no próximo dia 10 do corrente.

Depois de ter sido poupado no dérbi frente a formação benfiquista na partida pontuável para os 16 avos-de-final da Taça de Angola, onde o conjunto militar foi eliminado, com uma derrota de 2-0, o influente jogador pode voltar a ser opção no arranque do segundo turno do Girabola Zap.

Ary Papel que tem sido poupado nos últimos dias devido as dores que o apoquentam falhou o jogo com o ASA na 14ª jornada, mas voltou a ser opção no clássico frente ao Petro de Luanda na ronda seguinte. O camisola 30, apesar de limitado utilizado na deslocação do Dundo no jogo de acerto da oitava jornada frente ao Sagrada Esperança.

O médio militar, apesar de ser opção nas duas últimas do campeonato contraiu a lesão na perna direita no jogo diante do Interclube, na 13ª, e foi substituído por Paizo, aos 75', numa altura em que a formação rubro e negra estava em vantagem no marcador por três bolas a uma. No entanto,  dérbi "fardado" de má memória para os militares, que consentiram a igualdade a três golos.

Ary Papel tem sido alvo de entradas duras dos adversários, o que tem afastado de alguns jogos na presente época, inclusive na selecção nacional, onde falhou o desafio diante da República Centro Africana, pontuável para as eliminatórias de acesso ao CAN do Gabão 2017.

 Ary Papel tem três golos marcados no Girabola Zap, dividido o posto de terceiro melhor marcador da equipa, com Ibukun e Isaac. Geraldo soma quatro, enquanto Gelson totaliza 14 na liderança do campeonato.


REGRESSO
Romaric completa
armada militar


A equipa do 1º de Agosto fica completa hoje com a integração nos treinos do médio ofensivo gabonês, Romaric, que regressou ontem ao país, após cumprir alguns dias de descanso junto dos seus familiares.

O jogador apresenta-se esta manhã aos treinos, depois de os colegas terem iniciado a semana de preparação na última segunda-feira, no regresso de sete dias de repouso, em função da pausa que se registou no Girabola Zap, na transição da primeira para a segunda volta da competição.

Romaric que encontra algumas dificuldades para se impor no plantel do 1º de Agosto, tem tido poucas oportunidades para jogar, devido a forte concorrência que se assiste no seio do conjunto agostino, onde a título de exemplo, por força da posição em que joga, concorre com Ary Papel, Geraldo, Mingo Bile e Nelson.

O gabonês chegou ao futebol angolano bem referenciado e joga de forma preferencial sobre as alas, espera merecer maior confiança da equipa técnica e ser aposta nos momentos decisivos.

Na segunda volta do Girabola os adeptos militares esperam mais do médio, que naturalmente tem o desafio de ganhar espaço e conseguir mais minutos de jogo concedidos pelo técnico bósnio Dragan Jovic.

Romaric é um dos quatro jogadores estrangeiros que fazem parte do plantel rubro e negro para esta época, onde constam ainda o médio Ibukun (nigeriano), o médio Jumisse (moçambicano) e o defesa central Diakité (maliano).

Ontem, participaram do treino desta semana, pela primeira vez, os médios Ibukun e Jumisse, após o regresso ao país na terça-feira e da folga geral regista na quarta-feira.
JN