Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

ASA apresenta plantel

Augusto Panzo - 17 de Fevereiro, 2015

Sob a orientao do tcnico Robertinho os aviadores tm o grupo completo para os objectivos definidos para a poca j em curso

Fotografia: Nuno Flash

O plantel definitivo do ASA para a época futebolística de 2015 foi ontem apresentado na sede do clube aeroportuário
Este ano o plantel compreende 28 jogadores colocados nos diversos sectores da equipa, um grupo em que o jogador mais velho é o veterano Matias, médio trinco já com 38 anos, enquanto o mais novo é o guarda-redes Rui, com 18 anos.

Por ordem sectorial a constituição da equipa vai contar com os préstimos de três guarda-redes,   Jorge Onésimo "Rui", Manuel Pinto Cambila  "Aspirina" e Seydou Ba "Traoré".Na zona de defesa a formação aviadora é protegida por Mbunga Zola "Bodunha", Carlos Nsimba da Silva "Júnior", António da Silva Anato "Silva", Joel Adão Pascoal "Johnson", Kialenda Viega João "Kialunda", Osvaldo Domingos "Dadão", Igor Miranda "Igor", Magunsson Cadete "Paizinho", Manuel Alexandre "Jamuana", Pedro Lucombo "Pedrinho" e Reginaldo Belau "Reginaldo".

Para assegurar o meio campo do conjunto treinado por Roberto do Carmo "Robertinho", a equipa conta com os préstimos de Daniel Sebastião "Dany", António João Mateus "Matias", João Sebastião Figueira "Gaca", Tomás Manuel Nhanga "Tomás", Afonso Sebastião Cabungula "Fofó" e Luvia João Mateus "Milex".Ainda no meio campo estão Edson Orlando Cardoso "Tucho", Manuel da Costa Gaspar "Manuel" e Avelino Eduardo António "Avex". No ataque o ASA vai ter  Yannick Bissio "Bissio", Júlio Baptista "Foguinho", Anderson Benjamim "Guelor", Gláucio Victor Bicuila "Gláucio" e Nelione José Tavares "Nelito".

  O novo treinador do Atlético Sport Aviação (ASA), Roberto Oliveira do Carmo “Robertinho”, garante estar a realizar um trabalho estruturado visando dotar a equipa de capacidade que lhe permite encarar o futuro com tranquilidade.Considerado melhor treinador do brasileirão em 2002, esteve antes em 2014 no país a observar os últimos quatro jogos dos aviadores no campeonato passado (Girabola2014) onde o ocupou a 12ª posição, com 30 pontos, o Recreativo do Libolo do Cuanza Sul. De 54 anos, Roberto Oliveira Gonçalves do Carmo já treinou clubes no Brasil, com realce para o Fluminense, Pelotas, São Bento, América e Rio Branco. O brasileiro terá o desafio da direcção do ASA de colocar a equipa entre as cinco melhores no Girabola de 2015.                              
 

LUGAR DE TREINOS
Campo dos aviadores recebe requalificação



As obras de requalificação do campo de futebol  Joaquim Dinis, propriedade do Atlético Sport Aviação (ASA) estão já em marcha desde a passada semana, conforme constatação feita ontem no local pelo Jornal dos Desportos.A  empreitada compreende a construção de novos balneários no lado direito do referido recinto, bem como a colocação de um novo tapete de relva sintética.Neste momento está em curso a implantação do estaleiro provisório para o aprovisionamento do material necessário e essencial para a boa marcha das obras, paralelamente com a marcação das fundações de assentamento do alicerce dos balneários.  

Segundo o director-geral do ASA, Morais Bumba, a empreiteira prometeu entregar a obra acabada num prazo de 45 dias, mas esse período pode-se prolongar por mais alguns dias."A empresa que está a realizar a reestruturação do nosso campo prometeu entregar-nos a obra acabada num prazo de 45 dias.

Mas a nosso ver, se até este tempo não ela não estiver pronta, poderemos abrir uma moratória para 60 dias, de maneira que possamos um trabalho bem feito", disse o director-geral do ASA.A reparação do campo do ASA resulta de um acordo de parceria assinado no ano passado entre as direcções deste clube e da empresa Decathlon Marketing and Sports (DMS), Lda, que consiste em o primeiro oferecer espaço de trabalho ao seu parceiro.

A empresa DMS Limitada passa a fazer o uso do campo do ASA para as suas acções de formação de jogadores, e em contrapartida o clube beneficia de acções de formação contínua para os seus técnicos desportivos.O ASA começou a beneficiar do convénio no ano passado, momento em que enviou o treinador Paulo Alves para Portugal, com o propósito de fazer um refrescamento em termos de treino desportivo.