Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

ASA Progresso repartem os pontos

Avelino Umba - 28 de Julho, 2017

Jogo de abertura da jornada vinte e um não correspondeu a expectativa

Fotografia: José Soares | Edições Novembro

O Progresso Sambizanga, voltou a repartir pontos  com o Atlético Sport Aviação (ASA) no empate ontem a uma bola, no estádio dos Coqueiros, em jogo referente a 21.ª do campeonato nacional, depois de resultado nulo na primeira volta. Os golos da partida foram marcado por Júnior aos 80´ e Fofó aos 85´.

Longe da emoção dos tempos idos o dérbi entre o Progresso Sambizanga e o ASA esteve à quem do esperado e o empate ajusta-se perfeitamente pelo desempenho das duas equipas, já que pouco nada fizeram para obterem um resultado melhor. Depois de uma primeira parte 'murcha' e a condizer com o clima que se regista nesta altura do ano no país, os dois conjuntos apenas na etapa complementar despertaram e conseguiram fazer funcionar o marcador.

De resto, é de louvar a atitude das duas equipas ao regressarem dos balneários com outra postura e foram à luta em busca de um melhor resultado. Inconformado não desistiram do propósito traçado e tentaram contornar a situação em busca do golo. Aguardado com uma certa expectativa o tão esperado "encontro entre os manos "Cabungula" não aconteceu.

Enquanto Fofó não deixou os seus créditos em mãos alheias, apontando o golo do empate da sua equipa, Love não entrou nas contas de Paulo Saraiva por se encontrar lesionado. Os aviadores entraram melhor no jogo e logo aos 2' viram um golo seu a ser anulado pelo árbitro por posição irregular de Bena. Volvido cinco minutos, numa jogada entre Yano e Vá, Fofó  chegou atrasado para empurrar a bola dentro da baliza contrária.

Com excepção de um outro rasgo de ambos os lados pouco ou nada aconteceu nesta fase da partida com as duas equipas a darem a impressão de estarem a cumpri mera formalidade. A apatia manifestada nos primeiros quarenta e cinco minutos não se repercutiu no arranque do segundo tempo, período em que os dois conjuntos aumentaram o caudal ofensivo demonstrando um certo inconformismo.

Com as duas equipas a repartirem as oportunidades clara de golo e como diz a velha máxima, água mole em pedra dura bate até fura, aos 80' o ASA beneficiou de um livre directo. Júnior chamado a cobrar, atirou com mestria para dentro da baliza e Titi que ainda segurou e largou a bola, não conseguiu evitar o golo. Na resposta Fofó repôs a igualdade com um cabeceamento fazendo assim o seu oitavo golo na sua conta pessoal na presente prova e selou a partida num resultado que ajusta-se perfeitamente.

DECLARAÇÕES
Diogo PEDRO 
PROGRESSO

“Conseguimos
empatar”


Quero parabenizar as duas equipas pelo jogo que fizeram principalmente na segunda parte. Sabíamos que não encontraríamos um adversário fácil e que corre bastante durante os noventa minutos. Sofremos um golo num momento em que menos esperávamos, mas conseguimos empatar.

João Pereira "Jamba"
ASA

“Vamos continuar
 a trabalhar”

As duas equipas lutaram para fazerem o seu melhor, apesar de que não foi um grande jogo. Vamos continuar a trabalhar porque ainda nos faltam dez jogos. O ASA está no bom caminho nesta segunda volta e estamos a fazer um bom campeonato.