Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

ASA promete fazer diferena

Augusto Panzo - 16 de Fevereiro, 2016

Dirigente do ASA confiante de que pode terminar o Girabola Zap 2016 nos seis primeiros da tabela de classificao

Fotografia: Jornal dos Desportos

O presidente do Atlético Sport Aviação (ASA), Elias da Conceição José, mostrou-se satisfeito com o plantel que foi apresentado no sábado no Estádio dos Coqueiros, num acto em que a formação aviadora defrontou e empatou (1-1) com o Porcelana FC do Cazengo, equipa que regressou ao convívio dos grandes do futebol nacional. Elias José, em entrevista concedida ao Jornal dos Desportos e à TPA, manifestou a crença de que com o grupo de atletas à disposição, a equipa de futebol do ASA está em condições de lutar pelos primeiros cinco lugares do Girabola Zap de 2016.

"Conforme puderam presenciar, apresentámos o plantel que acreditamos que vai fazer a diferença durante a época de 2016, como é nossa intenção e também darmos alguma esperança à toda a massa associativa de que a época que passou, faz parte do passado. Por isso, estamos a trabalhar para que em 2016 tenhamos uma época tranquila", disse.

O dirigente máximo do ASA enalteceu o espírito de trabalho que domina o grupo sob sua direcção, apesar do momento económico menos bom que se vive no clube, derivado da crise financeira mundial."Apesar das dificuldades que nos são impostas, devido à crise económica e financeira de que os senhores jornalistas também são conhecedores, estamos a trabalhar para melhor. O espírito e a força de trabalho continuam o que nos faz acreditar que temos um grupo de jogadores capaz de fazer alguma diferença este ano", disse.

Elias José voltou a tocar no aspecto da melhoria da classificação, onde avançou os primeiros seis lugares como meta a atingir neste Girabola Zap de 2016.   "Para esta temporada, o nosso pensamento está virado para a melhoria da classificação obtida em 2015. A nossa intenção é ficarmos mais ou menos entre os primeiros cinco ou seis lugares. É ponto assente, de que o nosso objectivo é de atacarmos a linha da frente", explicou.

No seio do conjunto aviador, apresentado no sábado, foi notória a presença de jogadores muitos jovens, facto que Elias José justificou com a aposta na prata da casa."Sabem que o ASA é uma grande escola de futebol no país, e é sempre nossa intenção contarmos com a nossa prata da casa. Não temos tanto, para ir buscar fora, razão pela qual procuramos sempre valorizar o que é nosso", assegurou.

VISÃO 
Grémio aviador
aposta nos jovens


O presidente Elias José justificou a razão da aposta de jogadores jovens no plantel aviador, pois vê nisso uma garantia para o futuro da equipa do aeroporto e não só, assim como das selecções nacionais."Tal como se sabe, não temos tanto para ir buscar fora e contamos com a formação. Vai ser sempre assim, porque acreditamos que com esta juventude, hoje são jovens mas amanhã serão profissionais, para poderem defender as cores do clube ou das selecções nacionais", justificou.

Ainda à volta do plantel apresentado, o JD indagou Elias José sobre uma possível ausência de algum jogador que queria ter no grupo mas que  por diversas razões não tem, ao que respondeu estar tudo certo."Acho que ninguém falta. Neste momento temos o plantel todo certo, vamos acompanhar de perto durante a primeira volta. Se for necessário algum reforço, isso depois vê-se. Por enquanto estamos satisfeitos com o plantel que pudemos ver em campo, e aquilo que nos mostrou durante a pré-época, dá-nos uma confiança para fazermos bons resultados durante este campeonato", sustentou. 

O presidente do clube aviador apelou aos adeptos afecto ao ASA para que tenham confiança e esperança, pediu mesmo que voltem a apostar na direcção e na actual equipa técnica."A nossa massa associativa que continue a ter confiança e esperança na direcção da qual sou o responsável, assim como na actual equipa técnica. Acredito que todos juntos vamos fazer a diferença", solicitou.
                                               
CAMPO DE FUTEBOL
Relva sintética está degradada 


A direcção do Atlético Sport Aviação (ASA) na pessoa do presidente do clube manifestou-se preocupada com a ausência da empresa Decatlhon Marketing and Sport (DMS), com a qual assinou um convénio para a recuperação do campo de futebol."É verdade. Tal como é do vosso conhecimento, em função das dificuldades financeiras que vivemos, tivemos de fazer uma parceria com a empresa DMS com a qual assinamos um convénio para a recuperação do nosso campo de futebol.

A empreiteira concluiu as bancadas, mas até ao momento não se tocou na questão da troca do tapete de relva sintética. Essa situação aflige-nos muito", afirmou.Em função dessa complicação, Elias José admitiu a hipótese de procurar outra parceria no sentido de solucionar esse grande imbróglio, que se apresenta como uma espinha atravessada na garganta da direcção aviadora. "Temos estado a procurar outras fontes de financiamento, para ver se conseguimos dar solução à questão. Sabem que neste momento a capacidade financeira do ASA foge aquilo que poderíamos fazer para a relva sintética, pois estamos a concluir o Pavilhão Multiuso. Enfim, não temos tanta capacidade financeira para podermos atacar tantas frentes", clamou.