Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

ASA recebe Kabuscorp a pensar em voos altos

Augusto Panzo - 22 de Abril, 2016

O campeo de 2013 est a realizar um campeonato com

Fotografia: Nuno Flash

Conseguirá o Kabuscorp do Palanca regressar às vitórias e exibições de luxo no desafio desta noite nos Coqueiros, diante do Atlético Sport Aviação (ASA), igualmente para a abertura da nona jornada?  Esta é, certamente, a pergunta que muitos adeptos da bola e dos palanquinos esperam resposta após os 90 minutos de jogo.

O campeão de 2013 está a realizar um campeonato com "pouco gás". A derrota na jornada passada, diante do Interclube, "acendeu" mais um pouco as chamas nas bandas do Palanca. Motivo para que hoje, diante de um adversário que também almeja lavar a cara, consiga obter os três pontos para não deixar os restantes candidatos ao título muito mais à solta.

O Kabuscorp, até porque ainda é cedo para contas, continua na luta pelo título. Contudo, a equipa não pode continuar a se dar ao luxo de desperdiçar pontos com adversários de "baixo calibre".

Os aviadores, derrotados igualmente na última ronda, pelo 1º de Maio de Benguela, espera corrigir a má prestação. Uma vitória hoje pode tirar a equipa do 10º para o quinto lugar, o que constituiria um grande salto dos comandados de Roberto do Carmo "Robertinho" na tabela de classificação.


Fulgor atacante anima Robertinho


O treinador do Atlético Sport Aviação (ASA), Roberto do Carmo "Robertinho", enalteceu a grandeza da equipa do Kabuscorp do Palanca, seu adversário no jogo de hoje à noite, a partir das 18h00, no Estádio dos Coqueiros, na abertura da nona jornada do Girabola Zap 2016, mas deixou claro que a sua equipa também tem os seus propósitos.

"O Kabuscorp do Palanca é uma grande equipa do nosso Girabola, com bons executantes no seu seio. O ASA respeita isso, mas também tem os seus propósitos a seguir, razão pela qual devo dizer que vamos encarar essa partida com a mesma responsabilidade que temos vindo a enfrentar as outras equipas neste campeonato", afirmou.

Indagado sobre como considera o actual momento dos sistemas defensivo e ofensivo do ASA, em que a equipa sofreu 4 golos e marcou dois, em duas partidas consecutivas, Robertinho lamentou as falhas do sector defensivo, mas reconhece que o ataque está com muito fulgor.

"Estamos com um fulgor atacante muito bom, o que nos dá outro alento. Mas lamento o que se passa na defesa, onde estamos a perder alguma consistência. Contudo, o ASA continua a encarar as coisas de cabeça erguida, em função dos seus propósitos traçados para esta época futebolística", disse.

Na sua visão, essas são coisas que devem ficar atrás e olhar adiante, mantendo o pensamento virado para os próximos compromissos.

"A página das últimas derrotas está virada para o passado. Neste momento o que deve estar em marcha é o pensamento direccionado para os próximos compromissos que o próprio campeonato nos reserva", salientou.