Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

\"Atletas querem fazer histria\"

09 de Julho, 2017

Treinador da Acadmica confiante num bom resultado contra o 1 de Agosto

Fotografia: Santos Pedro / Edices Novembro

A equipa da Académica do Lobito em regime de concentração absoluta desde o principio da tarde de ontem, está confiante num bom jogo e resultado, hoje à tarde, no estádio do Buraco, diante do 1º de Agosto, válido para a 19ª jornada do Girabola Zap 2017, de acordo com o treinador José Silvestre “Pelé”.

Para o efeito, os estudantes trabalharam duro durante a semana e tudo aponta que o triunfo pode ser um facto, como fez saber ao Jornal dos Desportos o técnico Silvestre Pelé. “O 1º de Agosto é uma equipa forte, tem um plantel recheado de bons jogadores. O técnico falou-nos da importância desse jogo e estamos convictos de que vai ser necessário empenho e determinação para vencer a partida.

Não vai ser fácil, acreditamos, mas se nos deixarem e o árbitro não interferir, como acontecem nos jogos dessa natureza, em que os fortes são protegidos, os três pontos serão um facto”, augurou. José Silvestre Jorge “Pelé” assegurou que a sua equipa está bem e capacitada para enfrentar os militares e protagonizar uma “gracinha”, em função da importância e do interesse para a vida futebolística dos seus atletas.

“Os meus atletas querem fazer história, por isso, vencer ao 1º de Agosto, numa fase como esta em que procuramos sair da zona aflitiva da classificação, constitui um orgulho e eleva a auto-estima deles”, precisou. Sem precisar a equipa inicial para o embate desta tarde, o professor Silvestre Pelé montou um esquema táctico versado em 4x4x2 desdobrável para 4x5x1 e pode “atacar” os militares com os seguintes estudantes: Bombasa; Lourenço, Lito Kapunge, Zebedeu e Guebuza; Kalunga, Claúdio, Osório (ou Milambo) e Bruno; Giresse e Ben Traoré.
JG

ORGANIZAÇÂO
Cinco mil bilhetes
colocados à venda

A direcção da Académica Petróleos Clube do Lobito pôs à disposição dos adeptos e interessados a assistir ao jogo desta tarde, no estádio do Buraco, cerca de cinco mil ingressos desde quinta-feira que estão a ser comercializados no valor de dois mil kwanzas (camarotes) e Akz 1000/bancada geral. Para a zona de peões, os bilhetes custam quinhentos kwanzas.

Em função da importância e do interesse que o jogo acarreta, a organização entendeu que hoje, os portões são abertos a partir das 12h00, três horas antes do arranque da partida, de forma a facilitar o ordenamento e disciplina na hora de entrada ao Estádio, segundo o director-geral da Académica do Lobito, Duarte Kuatala “Esquerdinho”.

“É um jogo de risco e tudo pode acontecer. Por isso, decidimos abrir os portões do Estádio três horas antes do começo da partida. Esperamos que o público chegue ao Estádio a  tempo e evite os empurrões. A Polícia Nacional e outros agentes de segurança privado vão estar no local para manter a ordem. Façamos votos que tudo corra bem e que o jogo termine em festa”, sublinhou Duarte Esquerdinho.

O dirigente da Académica do Lobito não precisou os números, porém, confirmou a presença no Estádio de agentes da Polícia Nacional, dos Serviços de Bombeiros e Protecção Civil e do Instituto Nacional de Emergência Médica de Angola (INEMA) para garantir  a integridade física e moral dos intervenientes (directa e indirectamente) no espectáculo.                                   
JG