Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Atletas rejeitam regressar ao trabalho

Manuel Neto - 23 de Fevereiro, 2019

"A direco no se pronuncia respeito", lamentou a fonte

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Atlético Sport Aviação (ASA) pode falhar o jogo de quarta-feira, diante do Sagrada Esperança da Lunda -Norte, no Dundo, referente à 16ª jornada  do Girabola Zap, caso os atletas persistam na greve.
O Jornal dos Desportos apurou, que o plantel aviador não retomou os treinos, ao contrário do que estava programado, que previa o regresso ao trabalho, agendado para o dia 18 do corrente.
Segundo informações que tivemos acesso, os atletas furtam-se em honraram o compromisso assumido, aquando do encontro realizado com a direcção, por não concordarem com a exclusão na folha de prémios de jogos, dos colegas provenientes do 1º de Agosto.
\"Ficou acordado o pagamento a todos os atletas, sem excepção, mas espantou-nos a triste atitude tomada pela direcção, quanto ao momento do pagamento, excluindo os nossos colegas\", desabafou a nossa fonte que pediu anonimato.Acrescentou, que em momento algum esteve em causa o facto de pagarem apenas um mês, mas a forma como procederam, surpreenderam os colegas de balneário e de labuta diária.
\"Os 40 mil Kwanzas, referentes a um prémio de jogo, não  esteve na base da decisão, mas o facto de nas folhas constarem apenas alguns jogadores e excluírem os emprestados pelo 1º de Agosto\", esclareceu.
A exclusão de Fofó, Gogoró e Meda abalou o plantel, por isso, defendem o pagamento de todos, sem excepção. \"É triste, porque eles também sofrem com o grupo, isso, não se faz. Por isso, o grupo decidiu não treinar em véspera do  arranque da segunda volta do Girabola Zap\", destacou
O nosso interlocutor afirmou, que a direcção mantém o silêncio, apesar da decisão do grupo.
\"A direcção não se pronuncia à respeito\", lamentou a fonte, sublinhou que a falta de apoio dos patrocinadores está a prejudicar o clube. A dívida do ASA, para com os atletas, ronda aproximadamente seis meses de salários e alguns prémios de jogos, situação que criou um mau ambiente na equipa do Aeroporto.