Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Aviador Bena entra na disputa

AUGUSTO PANZO - 18 de Abril, 2017

Atacante aviador pode travar luta renhida com o opositor do Kabuscorp

Fotografia: José Cola | Edições Novembro

O avançado Diviluka Nascimento \"Bena\", do Atlético Sport Aviação (ASA), inseriu o nome na lista dos melhores marcadores do Girabola Zap de 2017, depois de apontar no domingo os dois golos que deram a primeira vitória aos aviadores, no jogo com o 1º de Maio de Benguela, a contar para a décima jornada.

Com a safra, o atacante aviador atingiu a soma de cinco golos, que o coloca ex -aequo em segundo lugar da lista com o brasileiro Tiago Azulão, do Petro de Luanda, outro concorrente na corrida de melhor marcador do campeonato.

Os dois perseguem de perto o congolês democrático Jacques, ao serviço do Kabuscorp do Palanca, que é o cabeça da lista com seis golos rubricados, menos um que os jogadores acima citados.

Se continuar nessa senda, pode-se ter um Girabola renhido, no que diz respeito à luta dos melhores marcadores, que obriga  cada um dos componentes do trio fazer o seu melhor em cada jogo, de maneira a não perder a corrida.

É pena que Bena não tenha tanta regularidade na marcação de golos nas rondas anteriores, visto que foi dos últimos a ingressar no plantel aviador, depois de um mês fora dos campos, devido a uma lesão contraída logo na fase do estágio pré-competitivo, em Benguela.

Tão logo integrou a \"caravana\", na altura da disputa da quarta jornada, Bena começou por mostrar a  veia goleadora e deixou um sério aviso à navegação, ao apontar dois tentos diante do Santa Rita, que permitiram salvar o ASA de uma iminente humilhação em pleno Estádio dos Coqueiros.

A fazer jus à condição de goleador nato, o jogador do ASA voltou a ser preponderante no empate a uma bola com o Interclube, partida referente à oitava ronda, frente ao Interclube, ao marcar o tento da igualdade.

Em seis jogos em que participou, Bena fez o gosto ao pé em três deles, curiosamente todos com o ASA, a jogar na condição de anfitrião, pois, fora do seu reduto a equipa aviadora ainda não empatou, nem ganhou nenhum desafio.

Sobre o atacante Bena, pende ainda um factor favorável, que é o jogo em atraso que o ASA tem com o Recreativo do Libolo, agendado para o próximo dia 2 de Maio, em Calulo, uma oportunidade que pode chegar bem juntinho de Jacques. Para tal, basta que marque mais um tento, sem que os outros façam o mesmo.

Atlético Sport Aviação
Calei consolida lugar na defesa


O defesa central, António Campos Calei \"Campos\", ao serviço do Atlético Sport Aviação (ASA), começou a consolidar a posição no plantel aviador, ao ganhar a titularidade no jogo com o Estrela Clube 1º de Maio de Benguela, na que foi uma das partidas referentes à continuidade da décima jornada do Girabola Zap de 2017.

A escolha do treinador João Machado dá alento ao jogador, depois da situação em que esteve envolvido, devido ao não regresso ao seu clube de origem, o Recreativo da Caála, do qual partiu com destino ao 4 de Abril do Cuando Cubango.

O jogador passou por vicissitudes, quer no clube do Cuando Cubango, como na equipa do Huambo. Não recebia os devidos ordenados, pondo em causa a condição social da respectiva família.

Tanto de um  como do outro lado, não havia culpas provadas, pois, foi do próprio jogador a inocência, ao assinar um contrato com o clube da vila da Caála sem fazer uma profunda análise em relação a algumas cláusulas.

Campos interessava muito ao treinador João Machado, mas esses pormenores todos fizeram com que a inserção no plantel aviador passasse antes por outros acertos, como o pagamento de parte dos salários ao jogador, por  parte da direcção do ASA, facto que Elias José anuiu.

A anuência abriu a possibilidade do jogador ver regularizada a sua situação de inscrição, junto da FAF, a favor do clube aviador, o que acabou por acontecer e dar oportunidade ao atleta de alinhar pelos aviadores na presente época.
AP