Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Aviadores com tentao do primeiro triunfo

Betumeleano Ferro - 22 de Novembro, 2018

Atlético  Sport Aviação (ASA) - 1º de Agosto já deixava os Coqueiros com saudades do dérbi. Os rivais mais antigos do campeonato voltam a acertar contas esta noite, 18h00,  num jogo em que os aviadores vão em busca da primeira vitória na prova. Ainda assim, essa ambição aviadora é fácil de falar e difícil de realizar, porque do outro lado vai estar um oponente de peso, que tem tudo o que precisa, para fazer prevalecer a lei do mais forte.
O campeão mexeu no comando técnico, o regressado Dragan Jovic voltou a receber o que era seu e é normal que quer ele, quer os pupilos, ambicionem provar, ainda mais no dérbi, que o hábito de ganhar é para prevalecer.
Muitos dos atletas influentes do plantel do 1º de Agosto já estavam na equipa, quando Dragan Jovic saiu, então, a mistura do passado com o presente, é capaz de resultar em coisas boas para os militares. O tempo de ausência do treinador durou um ano apenas, é por isso que há todos os motivos para acreditar que o campeão vai manter a bitola de antes, até pode não ser tão exuberante na exibição, mas a consistência deve ser a mesma de antes.
Os militares foram intratáveis nos últimos confrontos com os aviadores, em alguns deles até chegaram a engordar o resultado, sem precisar suar muito. Ninguém é capaz de vaticinar a repetição ou a ruptura com o passado, isso é mais um indício de que o 1º de Agosto vai aos Coqueiros disposto a tudo menos adormecer no doce passado. Enquanto durar o dérbi, o campeão vai se esforçar para manter o ascendente que obteve com muito suor e lágrimas, pois quando os aviadores estavam na mó de cima foram capazes de fazer um histórico 8-1, maior derrota de todos os tempos do D´Agosto.
A obrigação de inverter a tendência do passado, é o adicional fardo pesado que o ASA vai ter de suportar enquanto durar o dérbi, é verdade que o regresso de José Dinis tem sido acompanhado de alguma coisa boa, então, a recepção ao 1º de Agosto vai ser o primeiro grande teste que os aviadores vão enfrentar, um bom resultado pode ser moralizador para consolidar o que já foi feito.
Os aviadores sabem que as dimensões reduzidas dos Coqueiros são tudo menos vantagem, se até no espaço as coisas estão iguais, é sinal de que o ASA, assim como o 1º de Agosto, vai ter de desempatar por outros meios, mais do que apresentar bons argumentos competitivos também vai ser fundamentar aproveitar todas as condições favoráveis, quando elas aparecerem, quem se adianta quando está melhor em campo, tem sempre mais chances de terminar à frente do placar.
Os militares começam o dérbi, pouco depois de terminar o jogo do Petro de Luanda, fica claro que, como no passado, tudo de bom ou de mau que o rival fizer pode ter repercussões no desempenho competitivo do 1º de Agosto, mas vai ser necessário esperar até o apito final, para ver se o ASA se beneficiou ou foi prejudicado pelo que aconteceu no 11 de Novembro.