Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Aviadores negoceiam reforos

18 de Junho, 2016

Congols democrtico Fabrcio pode fazer parte do plantel aviador na segunda volta

Fotografia: M.Machangongo

A direcção do ASA está no mercado à procura de reforços para a segunda volta do Girabola Zap e retirar a pressão que enfrentam. A penúltima posição, que ocupam neste momento, é preocupante e a direcção pretende inverter o quadro.

Na perspectiva de uma ponta final melhor, os aviadores estão apostados a voar alto e deixar a zona aflitiva da prova. Para ajudarem a manter a estabilidade da aeronave, três atletas provenientes da África do Oeste estão a realizar testes no plantel, às ordens de José de Carvalho "Corola".

Os jogadores em causa, são: o atacante Fabrice Fosso e o defesa Carlain Manga Mbah, ambos da República dos Camarões, assim como o médio ofensivo Sérge Seko, de nacionalidade togolesa.

O Jornal dos Desportos apurou que o avançado provém da equipa do Apejes, ao passo que o seu compatriota representou a formação do New Stars, ambas da República dos Camarões.

O togolês Sérge Seko actua na posição de defesa -central, é proveniente da formação camaronesa do Union Sportive de Douala, um clube conhecido do público angolano, foi carrasco por várias vezes dos representantes angolanos nas Afrotaças, com realce para o Clube Nacional de Benguela.

A situação desses jogadores, quanto à possível contratação e integração no plantel do ASA, ainda não está definida, as negociações entre a direcção do clube aviador e os referidos atletas, ainda decorrem.

"Eles estão a trabalhar, até agora ainda não têm a situação definida, porque continuamos a negociar. É um assunto que está em curso, estamos a aguardar a chegada do presidente do clube, que neste momento encontra-se fora do país", revelou o director para o futebol aviador, Roberto Bravo da Rosa.

Apesar da indecisão, face o horizonte temporal, o dirigente admitiu a hipótese de até segunda-feira  dia 20 o assunto ter uma solução definitiva. A julgar pelas declarações do nosso interlocutor, os atletas deixaram boas impressões e podem ter o aval positivo da equipa técnica.

Contudo, a grande questão prende-se com o aspecto financeiro, já que o clube depende de patrocinadores e qualquer questão relacionada com contratos devem merecer um aval das referidas instituições.

"Vamos aguardar mais uns dias, porque a decisão definitiva só cabe ao senhor presidente. A previsão de chegada é para amanhã (sexta-feira) de madrugada, razão pela qual, só na segunda-feira estaremos em condições de fazer um pronunciamento conclusivo", assegurou Bravos da Rosa.