Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Benguela com jogos aliciantes

28 de Setembro, 2019

verdade, que o Progresso est com dificuldade de dar sequncia a srie de bons resultados, mas h todos os motivos.

Fotografia: paulo mulaza | edies novembro

Os adeptos em Benguela vão estar amanhã divididos entre o Buraco, Académica do Lobito - Sagrada Esperança, 15H00, e o Ombaka, Williete de Benguela - Progresso Sambizanga, 16h00. Os dois jogos têm aliciantes, mas fica claro que o foco tem de estar no desafio entre estudantes e diamantíferos, porque há muito fazem parte da mobília do campeonato. Além disso, são equipas com percursos diferentes no campeonato, sendo que os diamantíferos estão sob obrigação de reagir ao mau momento.
A boa campanha dos estudantes ficou manchada com a primeira derrota na jornada passada, é um passo em falso que pode ser corrigido com os 3 pontos ante os diamantíferos. Ninguém duvida da capacidade da Académica em recuperar o doce passado, contudo, não há necessidade de os estudantes acrescentarem mais fardos adicionais às suas costas, para ganhar a equipa só precisa ir ao encontro do que fazia bem, antes do primeiro desaire.
Os diamantíferos começaram bem o campeonato mas foi tudo fogo de palha, a recuperação demora a surgir, mas o Sagrada Esperança sabe que a tempestade não vai durar para sempre. O Buraco pode ser o começo de uma nova era, ninguém mais do que o técnico Paulo Torres anseia ver os pupilos a acertar o alvo com sucesso, a fim de acabar com a malapata que começa a ameaçar o seu emprego.
Ainda bem para o espectáculo que as duas equipas estão aflictas por causa ambição de vencer, se isso se traduzir na atitude competitiva da Académica e Sagrada é ponto assente que vamos ter um bom jogo, é verdade que nenhum dos contendores é dos grandes do nosso futebol, mas a qualidade, que realmente existe nos seus planteis, pode contribuir para que os adeptos saiam do Buraco satisfeitos.
O Williete de Benguela aos poucos começa a pagar o preço da fama, o empate com o Petro na estreia demora a dar todos os frutos positivos desejados. A equipa está com dificuldades de pegar de estaca, e amanhã a partir das 16h00, vai ter de exibir todo o labor possível para conseguir se desfazer do Progresso.
Os sambilas são favoritos, mas não querem ficar apenas pela teoria, é por isso que vão tentar aplicar a lei do mais forte para conseguir ampliar por mais uma jornada o seu período de graça no Girabola Zap. É verdade, que o Progresso está com dificuldade de dar sequência a série de bons resultados, mas há todos os motivos para acreditar que os sambilas podem ser competentes contra um adversário modesto.