Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Bianchi satisfeito com motivação do grupo

Gaudêncio Hamelay-Lubango - 11 de Julho, 2016

Beto Bianchi garante tranquilidade no desafio frente ao 4 de Abril

Fotografia: José Cola

O técnico principal do Petro de Luanda, manifestou no Lubango, a sua satisfação pela motivação e entrega dos jogadores dos jogadores no curto estágio que decorre na cidade do Lubango, com término previsto para amanhã, terça-feira, visando os desafios da segunda volta.Beto Bianchi revelou que o trabalho de preparação na cidade do “Cristo-Rei”, está a decorrer conforme o planificado e os atletas estão com muito bom ritmo competitivo, o que lhe surpreende pela positiva.

 “Os jogadores estão com bom ritmo competitivo, inclusive estou surpreso porque este ritmo é o reflexo da motivação individual de cada um. E, isso, me satisfaz”, manifestou. O treinador dos tricolores referiu que o plantel incutiu na mente que cada um tem a sua responsabilidade no grupo e deve empenhar-se, mostrar interesse e intensidade para conseguir um lugar na equipa, daí reinar no seio deles essa motivação e concorrência salutar.

 Bianchi explicou que até o dia da viagem para a cidade de Menongue marcada para esta terça-feira, no período da manhã, vai privilegiar a correcção e a melhoria de alguns aspectos no plantel petrolífero. Disse que o adiamento do jogo, em nada irá prejudicar a equipa, “ao contrário beneficia-nos. Estamos muito bem aqui no Lubango. Eu particularmente gosto muito desta cidade”, sublinhou o brasileiro ao serviço dos tricolores.

“O hotel onde estamos hospedados tem perfeitas condições.Então mais este dia que vamos ficar aqui são de agradecer. E não constitui nenhum problema”, afirmou. Reconheceu as potencialidades do 4 de Abril do Cuando Cubango, ainda assim, espera contrariar todos os seus intentos, já que o objectivo apontado para este arranque da segunda volta é pontuar.

Recordou que no primeiro turno do Girabola Zap 2016, a formação orientada por João Machado deu bastante trabalho ao Petro de Luanda
que venceu a tangente, por1-0, numa altura em que no seu ponto de vista, faltava ainda algum entrosamento no plantel.  “O 4 de Abril deu-nos bastante trabalho em nossa casa e acredito que no seu campo onde estão habituado, aliada a relva artificial e o apoio dos seus adeptos, vai apertar um pouco mais o cerco a minha equipa.

Porém, estamos preparados e cientes destas dificuldades”, comentou. Disse que não obstante todos estes condicionalismos o objectivo é “ irmos ao Cuando Cubango e pensarmos em fazer bom jogo para conseguirmos os três pontos, o que é importantíssimo para o Petro de Luanda”, acautelou.

SEGUNDA VOLTA
“O plantel está preparado”


Beto Bianchi assegurou que a sua equipa está preparada para enfrentar com tranquilidade qualquer adversário e o primeiro teste para a segunda volta, começa já com o jogo frente ao 4 de Abril, equipa imprevisível e bastante aguerrida.Descarta qualquer argumento para justificar um possível desaire, salvo se existirem situações que justifiquem.  “Se começarmos com desculpas da relva que é artificial, dura ou está calor, não vamos conseguir nada”, sublinhou.

“Temos de nos mentalizar que o campo é assim e vamos jogar nele com as condições que tem. Assim como jogamos em outros campos com relva em péssimas condições e conseguimos jogar e ganhar, então, este é mais um jogo que tem essa dificuldade extra e temos de estar preparados”, destacou. O treinador salientou que se o Petro de Luanda quiser somar os três pontos no desafio de terça-feira, terá que colocar “roupa de trabalho e não roupa de festa”, advertiu.

 Acrescentou que para a equipa conseguir no mínimo os 27 pontos conseguidos na primeira volta, pontuação definida como meta para a etapa derradeira da prova, vai ter que trabalhar muito. O brasileiro confirmou que os 22 jogadores estão disponíveis, apesar de existir alguns que se queixam de dores musculares, o que considerou de normal pela intensidade do trabalho desenvolvido. “É possível que aconteça alguma surpresa negativa até terça-feira, mas de momento estão os 22 jogadores a disposição para este jogo”, afiançou.