Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Bianchi mantm discurso confiante

Edivaldo Cristvo - 01 de Setembro, 2018

Beto Bianchi aguarda pelo desfecho de dois jogos para as contas finais

Fotografia: Vigas da Purificao | Edio Novembro

O técnico do Petro de Luanda, Beto Bianchi, afirmou ontem em conferência de imprensa, no campo Osvaldo Saturnino Jesus \"Catetão\", durante a antevisão de jogo deste domingo com o Sagrada Esperança, cujo início está marcado para 15h00, no Estádio 22 de Junho, que ainda acredita na conquista do título.
Quando faltam apenas 90 minutos para o término da competição, o treinador revelou estar expectante e confiante, apesar de reconhecer que a sua equipa  depende do resultado do outro concorrente e líder do campeonato, com um ponto de vantagem, para as contas finais.
O timoneiro da formação do eixo - viário está consciente, que precisa de vencer o seu jogo e aguardar por um deslize dos rubro - negros, para conquistarem o seu 16º troféu da história. Bianchi argumentou, que a equipa chegou onde queria chegar, numa época em que o campeonato foi bastante competitivo. \"Fizemos a nossa parte e poderíamos ter feito mais, se nos deixassem\", deplorou.
O técnico continua a manifestar o seu inconformismo pelos pontos perdidos, devidos a erros de arbitragem e acusa mesmo alguns árbitros de terem prejudicado a sua equipa. \"Quando se suspendem dois árbitros, é porque se passa alguma coisa\", frisou.
\" Em relação à verdade desportiva, já falei várias vezes. Não pretendo prejudicar e nem acusar ninguém, mas não posso fechar os olhos a ver coisas desagradáveis. Acho, que tento dar uma ajuda, para que possa melhorar o nosso futebol\", sublinhou.
Bianchi revelou estar confiante na mudança de postura e apelou que o caminho é para frente, pois, não se deve lamentar pelo leite derramado, \"são coisas passageira e agora, tudo o que resta, é enfrentar a realidade, a realidade é vencer o Sagrada Esperança, no Domingo\", destacou que deposita total confiança nos seus atletas.
\"Não posso exigir muito mais aos jogadores. Tenho visto o esforço que eles fazem para o clube, e estamos muito contente\", precisou. O técnico afirmou que pretende entrar em campo respeitando o adversário, mas recordou que o objectivo da equipa é a conquista dos três pontos.
O Sagrada Esperança cruza pela segunda época consecutiva o caminho do Petro de Luanda, na última jornada, costuma ser um adversário que cria imensas dificuldades aos tricolores. Se recuarmos um pouco no tempo, em 2005, quando se sagrou campeão, os lundas festejaram o título diante dos petrolíferos.
Por último, Beto Bianchi confessou se vencer ou não o campeonato nacional, não pretende deixar o comando técnico do Petro de Luanda tão cedo. Comentou, que ao longo destes anos, ganhou inteira confiança na direcção do clube.
\"Os números ao longo dos três anos, à frente do comando da equipa, falam por si. De acordo  com o seu desempenho e os resultados obtidos, ganhámos todos muito mais confiança. Em 87 jogos, conseguimos 54 vitórias, 14 derrotas e 19 empates\", avaliou.

TIAGO AZULÃO
“Quero voltar a brilhar

O avançado Tiago Azulão corrobora com o discurso do seu técnico. O melhor marcador do Girabola Zap 2018, com 20 golos, ainda acredita na possibilidade de erguer o primeiro troféu de campeão nacional, com a camisola tricolor.
Para o atacante, a primeira etapa foi cumprida com êxito, a consolidação da segunda posição, agora, as atenções estão centradas num possível percalço do líder do campeonato. Contudo, reconhece que tudo passa por uma vitória diante do Sagrada Esperança. Ainda assim, atira a pressão aos campeões, em título.
\"O 1º de Agosto tem a maior preocupação de ganhar, porque estão à frente da classificação. Nós vamos fazer o nosso jogo,  procurar dar alegria aos nossos adeptos , no final do jogo faremos as contas\", afirmou o atleta brasileiro.
Tiago Azulão considera, a última jornada do campeonato, uma autentica final para às duas equipas do topo da classificação. Sublinhou, que independentemente do que possa acontecer \", espero brilhar e realizar uma boa exibição, voltar a dar alegria aos adeptos do clube\", revelou confiante.
O goleador admite, que para concretizar o sonho que perseguem, por ironia do destino, dependem do desfecho do seu mais directo concorrente, no despique para conquista do campeonato. Ainda assim, não descarta a esperança de sagrar-se campeão, em Angola.
\"Nada ainda está perdido. Dependemos de terceiros é verdade, mas pretendemos fazer a nossa parte e depois esperar que no que vai dar no final\", realçou o atacante brasileiro, que almeja jogar mais alguns anos com a camisola tricolor. \"Não pretende abandonar agora o clube, à menos, que surja um convite de fora\", esclareceu.                                         

AMBIENTE
Adeptos transmitem carinho ao plantel
O ambiente no plantel do Petro de Luanda é de confiança. Direcção, equipa técnica , atletas e massa associativa acreditam num final feliz, este domingo, dia santo.
Na penúltima de sessão de treino realizada sexta-feira, antes do jogo de todas as decisões, é visível no rosto do grupo de trabalho a crença num \'milagre\'. Num manha fria com o céu azul, os pupilos de Beto Bianchi desfilaram no relvado do campo de treino, com vontade de sagrar-se ainda campeão nacional.
Todos demonstravam muita confiança. A correcção nas jogadas de ataques e contra-ataques, dominaram os trabalhos testemunhada por uma considerável moldura humana, que aproveitou para transmitir o calor e confiança aos atletas antes do jogo deste domingo, já que a sessão de hoje é a porta fechada.
Todos os jogadores fizeram parte do treino, excepto o baixinho Pedro, que encontra-se lesionado com uma inflamação no tornozelo direito e foi descartado, para o confronto de amanhã com os lundas.
Os adeptos curiosos, não queriam perder nem ouvir dizer e aproximaram-se para acompanhar todos os preparativos do grande jogo deste domingo. Todos querem afastar o fantasma dos diamantíferos. E a terceira pode ser de vez para a família tricolor.
Em tom de satisfação Beto Bianchi disse estar feliz. \"Estou muito feliz por disputar o campeonato até a última jornada. Entre os dois candidatos tudo pode acontecer, vamos manter as perspectivas e a certeza até ao final\", orgulhou-se o treinador petrolífero.                EL