Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Bianchi prximo do feito de Queirs

02 de Outubro, 2016

O tcnico Beto Bianchi aparenta estar a conduzir o seu plantel a seguir as pisadas da equipa liderada em 1990 por Carlos Queirs,

Fotografia: Jornal dos Desportos

O campeonato de recuperação recolocou o Petro de Luanda na rota do título. A excelente segunda volta tricolor está a pôr a pressão ao seu rival 1º de Agosto. O técnico Beto Bianchi aparenta estar a conduzir o seu plantel a seguir as pisadas da equipa liderada em 1990 por Carlos Queirós, que também fez um bom segundo turno e ultrapassou o rival nas derradeiras jornadas do Girabola.

As semelhanças entre os dois treinadores são muitas, dentre elas, há a destacar o facto de ambos terem caído no descrédito, quando os maus resultados aparentavam ter afastado a equipa da rota do título, na primeira volta.

Ao contrário de Beto Bianchi, o técnico Carlos Queirós chegou a perder o emprego e foi substituído por António Clemente, porque na primeira volta o Petro somou 17 pontos, fruto de 7 vitórias, 4 empates, 2 derrotas, 25 golos marcados, 14 sofridos.

O fraco desempenho tricolor contrastou com a grande pujança competitiva do rival 1º de Agosto, que em 1990 tinha como principal novidade o técnico Dusan Kondic. Os militares estavam a cumprir 10 anos de jejum, como agora, mas foram intratáveis nas 13 jornadas do primeiro turno, em 26 pontos possíveis amealharam 22.

O regresso do treinador brasileiro, ao banco petrolífero, não trouxe tantas melhorias como se pretendia. Em meio a altos e baixos, os tricolores perderam por falta de comparência com o 1º de Maio, até hoje a única da sua história, e mais tarde ficaram sem o treinador brasileiro, que fugiu de Angola por causa de supostas ameaças de morte.

Sem muito por onde escolher, a direcção tricolor teve de reabilitar Carlos Queirós, quando a segunda volta já estava bem adiantada. O 1º de Agosto estava disparado na liderança,  era a única equipa invicta do campeonato,  na recta final o título mudou de rumo de maneira inesperada, um dos desfechos mais dramáticos da história do Girabola.