Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Bianchi quer voltar s vitrias

Paulo Caculo - 21 de Abril, 2016

Trabalhar e vencer o lema do tcnico

Fotografia: Nuno Flash

A equipa do Petro dá  sequência hoje às 9 horas no Catetão aos trabalhos de preparação, com vista à próxima (9ª) jornada do Girabola. O conjunto tricolor recebe o 1º de Maio de Benguela no domingo e o grupo treina  focado no objectivo de regressar às vitórias, após o interregno que se  verificou na sétima jornada.

Após dois empates consecutivos, frente ao Libolo e Desportivo da Huíla, Beto Bianchi espera  ver a equipa conquistar três pontos, de forma a recuperar o terceiro lugar e consequentemente, reduzir a distância sobre o "pelotão" do topo.

Em oito jornadas, os tricolores deixaram fugir já dez pontos, fruto de dois empates e duas derrotas, facto que está a atrapalhar o percurso da equipa no campeonato, onde ocupa actualmente a quarta posição da classificação geral, com 14 pontos.

Na sessão matinal de treinos desta quinta-feira, a equipa-técnica deve  insistir nos exercícios de construção do jogo ofensivo e defensivo, assim como nos ensaios de circulação com bola, onde o passe e a posse do esférico devem estar também em evidência. 

As vitórias que a equipa consegiu nas últimas jornadas espevitou todo o grupo a não mais pensar em derrotas e é por esta razão que o treinador tricolor acredita que pode ainda recuperar muito terreno nesta primeira volta. A equipa está há muitos anos sem logar título algum, de modo que a direcção liderada por Tomás  Faria dá todos o apoio para que os petrolíferos resgatem a sua mística ganhadora.

Quando há três anos decidiu dispensar muitos craques, partido para novas apostas, foi a pensar nos frutos a partir deste campeonato  nacional.                                           PC

Petro joga melhor em casa

O percurso do Petro de Luanda ao cabo das oito jornadas da  primeira volta do Girabola, nos jogos realizados fora de casa, contrasta com a prestação rubricada nos desafios efectuados na condição de visitado.

Como prova da analise está o facto da maioria dos pontos amealhados pelos petrolíferos na presente temporada futebolística terem sido conseguidos em Luanda.

E, como os números não mentem e  ajudam a dissipar dúvidas, dez dos 14 pontos conquistados pela equipa de Beto Bianchi no campeonato nacional foram obtidos “no seu reduto”.
Foi ainda na condição de "donos da casa" que os petrolíferos não averbaram qualquer derrota e obtiveram maior número de vitórias (três), contra uma "fora de casa".

A estatística demonstra ainda que o Petro rende mais na recepção aos seus adversários, na medida em que as duas únicas derrotas sofridas até ao momento no campeonato, nomeadamente, diante da Académica do Lobito (2-0), na 2ª jornada, e frente ao Sagrada Esperança (1-0), na 6ª ronda, aconteceram no terreno dos respectivos adversários. Ou seja, em Benguela e na Lunda Norte.

Pertence também ao conjunto às ordens do técnico hispano-brasileiro o melhor registo de golos rubricados em casa, em número de quatro, contra  dois marcados nas partidas realizadas longe de Luanda.

Outro dado curioso prende-se com o facto dos tricolores sofrerem menos golos em casa. Na condição de visitante, a sua baliza foi violada quatro vezes, contra  uma na qualidade de dono da casa.

CALENDÁRIO
FAVORÁVEL


Se o percurso do Petro até ao desfecho desta primeira volta se mantiver, pode dar-se o caso da equipa de Beto Bianchi dar-se muito bem no final das contas para o título, porque nas próximas sete jornadas  faz todos os jogos em Luanda, ainda que alguns na condição de visitante, dado o facto dos adversários serem todos da capital do país.

Diante do exposto, pode-se concluir que o Petro de Luanda tem um calendário teoricamente 'favorável' nas próximas jornadas, dado o facto de na 9ª ronda que está  agendada para este fim-de-semana receber o 1º de Maio, no Estádio 11 de Novembro.

Na 10ª jornada defronta o Kabuscorp do Palanca, na 11ª mede forças com o Interclube, na 12ª diante do ASA, na 13ª visitar o Progresso, na 14ª defrontar o Benfica de Luanda e na 15ª e última jornada da primeira volta joga com o 1º de Agosto, actual líder do campeonato.

A julgar pela boa prestação dos tricolores nos jogos em casa, se a lógica se cumprir como até ao momento, a equipa de Beto Bianchi pode fazer um resto de Girabola Zap sem grandes sobressaltos e quiçá, materializar o objectivo traçado para esta época.