Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Bis de Coxe despacha Maquis

Joo Constantino , no Cuito - 25 de Abril, 2019

O Cuando Cubango FC dominava a partida e os dois golos apontados por Coxe

Fotografia: Contreiras Pipas | Edies Novembro

O Cuando Cubango FC voltou a conhecer o sabor da vitória, após, vencer ontem, no campo dos Eucaliptos, o FC Bravos do Maqui por 2-1.
A partida ficou marcada com um desfecho infeliz, com o técnico Zeca Amaral e o seu adjunto a insurgirem-se, primeiro contra a equipa de arbitragem e depois com o banco do adversário.
Foi uma tarde triste para os maquisardes, já que, apesar de sentirem-se prejudicados pelo trio chefiado por Rodrigues Aleixo do Huambo, a sua equipa não conseguiu evitar a derrota, apesar da vantagem no primeiro quarto de hora.
A formação do leste adiantando-se no marcador, com auto-golo de Campos, no primeiro minuto de jogo. O Bravos do Maquis nada fez, para justificar a vantagem. E foi o adversário quem melhor criava situações de perigo na baliza contrária.
O Cuando Cubango FC dominava a partida e os dois golos apontados por Coxe, aos 55 e 65, vieram premiar a melhor equipa em campo, pois, foi a que mais trabalhou para conseguir a vitória.
O Bravos do Maquis só pode se queixar de si mesmo, já que apenas despertou depois de estar a perder por 2-1, quando teve mais tempo a insurgir-se com o trio de arbitragem.