Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Bruno e Milton em dvida para o Dundo

Morais Can?mua , no Lubango - 07 de Abril, 2017

Militares da Regio Sul jogam amanh

Fotografia: Edies Novembro

Os dois atletas estão entregues ao departamento médico por terem contraído lesão no último jogo do campeonato,  frente ao FC Bravos do Maquis, em que os militares da Região Sul venceram por uma bola a zero. 

O médio esquerdo Bruno lesionou-se no tornozelo esquerdo, enquanto o médio central Milton está a debelar uma entorse no joelho esquerdo. Ambos podem ser recuperados até ao dia do jogo dada a preponderância que têm  na manobra do conjunto, com destaque para Bruno, que tem sido titular nos últimos confrontos.

O fisioterapeuta João Jorge “Jojó” assegura que “tudo estamos a fazer para que os mesmos estejam aptos para poderem dar o respectivo contributo à equipa no jogo com o Sagrada Esperança”.

Quanto aos restantes jogadores, gozam de boa saúde e disposição, prontos a lutar pelos três pontos.

Já o avançado camaronês Emanuel Bongó pode ver, mais uma vez, adiada a sua estreia no Girabola Zap 2017, devido a questões administrativas, segundo apurou o Jornal dos Desportos de fonte do clube huilano.

A mesma fonte informou que o clube fez todas as demarches internas, faltando agora fazer chegar o expediente à FAF, como órgão reitor do futebol nacional, e está, por seu turno, encaminhar à congénere camaronesa na perspectiva de se obter a carta internacional que habilita o atleta a jogar.

É que o jogador em causa actuou com a camisola do CDH na época de 2014, ido do Recreativo do Libolo, por empréstimo, juntamente com o médio cabo-verdiano Josy,  cujo paradeiro se desconhece.

Na temporada seguinte, Bongó apresentou-se no seu clube de origem, CDH, que prescindiu dos seus préstimos. Desolado, regressou  ao seu país, onde permaneceu um ano, actuando nas divisões inferiores. Necessitando e um ponta-de-lança de raiz, a direcção do CDH lembrou-se do mesmo e voltou a contratá-lo.

Agora, o que falta é oficializar a sua situação administrativa, já que o mesmo trabalha no conjunto desde o início da temporada.