Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Cachi destaca prontido no grupo

Valdia Kambata - 09 de Junho, 2016

Atleta reconhece o grau de dificuldade na deslocao ao Estdio do Buraco ao encontro da Acadmica do Lobito

Fotografia: Santos Pedro

Motivação e vontade de regressar às vitórias é o ambiente que se vive no plantel do Interclube para visita a Académica do Lobito, este sábado, às 15H00, no estádio do Buraco, partida que marca o reencontro do médio Cachi com o seu ex-clube.

Consciente do grau de dificuldades que podem encontrar, num campo que conhece muito bem, o atleta alerta os colegas a necessidade de manterem a prontidão para evitarem qualquer surpresa.

"Não é fácil jogar no Buraco, aliás todas as equipas que se deslocam aquele estádio têm tido muitas dificuldades. É muito difícil, por isso, todo cuidado é pouco para não sermos surpreendidos", advertiu.

Os polícias que vêem de um empate com 'sabor' a derrota, diante  do  4 de Abril e estão conscientes da necessidade de vencerem para manterem vivo os seus objectivos. Cachi assume o favoritismo, mas acautela que é preciso provar em campo.

" O Interclube é uma equipa grande e com pensamentos grande, e por isso, não deve ter medo de defrontar o Académica ou qualquer outro adversário. Vamos ao Lobito de cabeça erguida e lutar para continuarmos a evoluir na tabela classificativa", precisou.

Em relação ao grupo de trabalho, o atleta revelou que a disposição do colectivo é boa e espera conquistarem os três pontos, o único resultado que interessa para os objectivos preconizados para esta época.

"A disposição da nossa equipa é boa e estamos tranquilos num bom resultado, não obstante o empate da ronda passada que abalou um pouco um grupo, mas está ultrapassado e a moral é boa para mais um defeso", salientou o atleta dos polícias.

"É fundamental entendermos que é um jogo importante para nós e temos capacidade para vencer a Académica do Lobito. Vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance, lutar até à exaustão para garantir estes três pontos", destacou.

Cachi assegurou que o grupo está compenetrado e ciente do desafio que os espera." Estamos bem e sem qualquer problema de maior. A motivação é boa e queremos vencer o jogo, aliás este é o nosso grande objectivo", avançou.

O médio apelou à "humildade, determinação e entrega" dos seus colegas para contrariar a equipa do Lobito que se entrega aos jogos em casa com "muita raça" e lembrou que "as últimas partidas têm mostrado que os encontros só terminam quando o árbitro apita", comentou.

A nível particular, o jogador garantiu estar bem e quer fazer uma boa exibição no regresso ao estádio onde viveu bons e maus momentos. "Estou a treinar bem e sem qualquer dificuldade pronto para dar o meu contributo ao meu clube”, defendeu.

Os polícias têm feito bons resultados diante de equipas grandes, porém, não tem conseguido suplantar as chamadas "formações pequenas", como Porcelana FC  e o 4 de Abril, adversários que roubaram pontos .

"No jogo contra o 4 de Abril estivemos mal e não conseguimos  controlar o jogo. Ainda assim, conseguimos empatar. As equipas pequenas normalmente quando jogam com  as consideradas grandes, vêem com outra motivação, por isso, fomos surpreendidos. Mas já estamos atentos e acredito que neste jogo  vamos ser prudentes" prometeu.

22 DE JUNHO
Polícias regressam
hoje ao trabalho



O Interclube regressa esta manhã para mais uma sessão, a penúltima da semana para correcção e melhoria de alguns aspectos técnicos e tácticos, para contrariar os intentos do adversário.

O  croata Zdvarko Logarusic vai trabalhar nos detalhes do jogo, pois, o seu adversário está com o orgulho ferido, após mais uma derrota na ronda passada, e precisa a todo custo de amealhar pontos para fugir da zona em que se encontra.

Embora o Interclube esteja a fazer um bom campeonato, têm pecado muito na finalização, o que deixa a equipa técnica preocupado, mas optimista na melhoria da prestação dos atacantes na deslocação ao Lobito. De resto, a 5ª posição que ocupam não satisfaz os objectivos traçados para esta época. Quanto ao adversário, o 13º na classificação é um conjunto que procura a tudo custo fugir da zona de despromoção.

DIA DO INTERIOR
Em alusão ao 37º aniversário do Ministério do Interior, as Velhas Guardas do Interclub e do Ministério do Interior (Minint), realizam esta manhã, às 8h00, no estádio 22 de Junho, ao Rocha Pinto, uma partida amigável para assinalarem a data.

Neste encontro com sabor a festa, vão desfilar antigo atletas como  Mendinho, Túbia, Cuca, André, Miloy, entre outros frente a um misto formado por atletas oriundos do Serviço de Investigação Criminal (SIC), Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), Serviço Penitenciário (SP) e o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB). 
Este ano, as festividades decorrem sob o lema: “Por Uma segurança cada vez mais proactiva comemoremos o 22 de Junho”, com actividades recreativas, desportivas e de reflexão.