Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

"Cada jogo tem a sua histria"

Paulo Caculo - 08 de Dezembro, 2018

Paulo Torres est confiante no regresso vitria nesta deslocao ao Uge

Fotografia: kindala Manuel | Edies Novembro

O técnico do Kabuscorp do Palanca, Paulo Torres, acredita que o jogo deste domingo, no Uíge, diante do Santa Rita, pode produzir uma história diferente, em relação as enfrentadas nas jornadas anteriores, frente ao Desportivo da Huíla e ASA, e que resultaram em derrotas.
O treinador reconhece a pressão que existe sobre o plantel, com realce para a equipa técnica, ainda assim mantém a confiança e recorda que não existem jogos iguais. Sublinhou estar optimista num desfecho airoso e a terceira pode ser de vez.
\"Não há dois jogos iguais e cada jogo tem uma história\", atirou, sem evasivas. Paulo Torres deixou claro a ideia de que a equipa está pronta a afastar, de uma vez por todas, do Palanca, os fantasmas da desilusão, que persistem em assombrar o começo de época.
\"Não há jogos fáceis. Esta é uma caminhada muito longa. Uma maratona e o que tenho a dizer é que estamos numa velocidade nesta maratona, com saúde e cientes daquilo que temos de fazer, porque há muita coisa para melhorar. Este é o nosso sentido de trabalho\", disse.
O treinador português assegurou, por outro lado, que os seus atletas mantém a ambição de jogar bom futebol, para que os seus adeptos se sintam satisfeitos, divirtam-se com o jogo e a qualidade dos jogadores, pois garante, \"quem procura trabalhar para jogar bem está mais próximo do objectivo final, que é a vitória\", destacou:
\"Temos uma equipa que, neste momento, está formatada para aquilo que pretendemos e um plantel que nos dá garantias. Não temos alterado muito a nossa equipa titular. Todos os jogadores estão preparados para entrarem em campo e estou satisfeito com todos. Os que não estão ainda a jogar, sabem que têm mais responsabilidades e que todos vão ter a sua oportunidade\", sublinhou.
 Paulo Torres disse, a finalizar, estar extremamente satisfeito com o apoio da massa associativa, tendo destacado a importância do contributo dos adeptos para o grupo de trabalho às suas ordens. Agradece o empenho do colectivo e confessa sentir-se muito bem no clube, onde diz ter encontrado todas as condições para desenvolver um bom trabalho.

JB REGRESSA
AO \"ONZE\"

O regresso ao \"onze\" do guarda-redes JB é a principal novidade na equipa do Kabuscorp do Palanca, tendo em vista a visita ao Santa Rita de Cássia. O \"keeper\" falhou o jogo anterior, por lesão, mas volta a estar disponível para reintegrar o grupo dos convocados.
Na defesa é pouco provável, que se venha a registar mexidas, devendo a dupla de centrais continuar a pertencer a Zebedeu e Fabrício, ao passo que Rafa e Ebunga ocupam as laterais. Já o sector intermédio deve ser \'povoado\' por Cabibi, Lindala Celson Barros e Lami, enquanto no ataque, Paulo Torres deverá «insistir» na dupla Magola e Etekiama Taddy.