Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Calulo e Cala tm jogos aliciantes

Betumeleano ferrao - 01 de Setembro, 2018

As duas equipas tiveram desempenhos semelhantes.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O foco, da última jornada, está na questão do título, mas existe também alguma expectativa para ver como terminam os jogos Libolo - Progresso, em Calulo, Clube Recreativo da Caála \"CRC\" - Desportivo da Huíla,na  Caála, e Domant - Interclube, no Dande.
Todos as partidas começam às 15h00,  há mais motivos para esperar por acesos despiques em Calulo e na Caála, devido à equivalência entre os contendores, embora, ninguém ponha de parte uma possível surpresa da formação do Bengo, no adeus ao campeonato.
Os sambilas há muito que perseguem um triunfo em casa do Libolo. A esperança de que chegue o dia, renasce em cada campeonato. Então, é normal esperar que amanhã, a ambição volte a espicaçar o Progresso, enquanto o adversário tenta a mesma fórmula de sempre, para impedir que o inédito aconteça na última jornada.
As duas equipas tiveram desempenhos semelhantes, no campeonato, ainda assim, há mais motivos para acreditar que os derradeiros pontos podem ser como a última chamada. Os contendores vão empenhar-se como se estivessem aflitos,  e se houver empenho dos dois lados, ninguém que esteja nas bancadas se vai arrepender por não ficar em casa, para ver os acontecimentos no 11 de Novembro e 22 de Junho.
O CRC conseguiu safar-se antes do fim, mas amanhã vai ter de dar tudo o que tem, para impedir que o Desportivo da Huíla conclua o campeonato com chave de ouro. Os militares da Região Sul surpreenderam a todos,  de certeza que ninguém estava à espera do brilharete da equipa da Huíla, então, o CRC que se cuide porque o seu adversário ainda pode lucrar mais alguma coisa, no fecho do campeonato.
O Domant subiu para descer, embora, o plano inicial fosse para permanecer, mas amanhã só uma vitória pode afogar a mágoa do adepto. Contudo, fica claro que o Interclube quer tudo menos servir de cobaia, para amenizar a dor de outrem.
Os polícias prometeram muito, em várias etapas do campeonato. Uma vez fizeram o papel de animadores, mas é ponto assente que Paulo Torres e pupilos querem terminar com uma vitória, para encurtar o atraso em relação ao 1º de Agosto e Petro, as únicas equipas que fizeram melhor no Gira 2018.