Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Campeo aumenta vantagem

Mrio Eugnio - 05 de Maio, 2015

Campeo nacional reforou a liderana com a vitria sobre o Progresso da Lunda Sul e mantm intacto os objectivos para revalidao do ttulo esta temporada

Fotografia: Jos Soares

Depois de desalojar o Interclube, que durante nove jornadas consecutivas comandou o campeonato, o Recreativo do Libolo mantém a liderança do Girabola, alcançada na jornada passada. O campeão nacional, que parece disposto a não facilitar, começa a criar uma vantagem  alargada em relação aos seus mais directos perseguidores.

Ainda sem o conforto desejável - apenas dois pontos o separam das equipas que estão em segundo lugar na classificação (22-20) - a equipa às ordens de Sébastian Desabre vai procurar de jornada em jornada alargar a diferença, para libertar-se da pressão dos concorrentes, que tudo procuram fazer para a desalojar do topo da tabela classificativa.

Depois da goleada de 4-0 imposta ao ASA no seu reduto, na ronda passada, que lhe valeu a liderança, o Libolo foi até à região leste defender a posição que tinha conquistado. Cumprindo os serviços mínimos, venceu o Progresso da Lunda Sul por 1-0 e garantiu os três pontos, suficientes para o deixar na “gerência” do campeonato. Eliminado de modo precoce das eliminatórias de acesso à fase de grupo da Liga dos Campeões, o conjunto da vila de Calulo, tem as baterias carregadas para a competição interna, na qual tem a espinhosa missão de revalidar o título conquistado na temporada passada.

Na concorrência tem adversários de peso, velhos conhecidos de outros cacimbos, pelo que a concretização da pretensão vai depender muito da forma como o técnico francês, que está pela primeira vez no Girabola, vai gerir o plantel e fazer a leitura das estratégias de cada um dos seus opositores directos.

À excepção do Benfica de Luanda, que defronta na próxima jornada, o líder jogou já com os demais candidatos, nomeadamente com o 1º de Agosto, na primeira jornada (1-1), Kabuscorp do Palanca, na segunda (2-2), Petro de Luanda, na oitava (1-1) e Interclube, na nona, (1-1). Com dois desafios disputados em casa e dois fora, o campeão acabou por empatar todos os jogos com os concorrentes directos.

Portanto, Sébastian Desabre tem  elementos que bastem para tentar surpreender esses adversários na segunda volta, etapa crucial do campeonato. Por enquanto, vai gerir a vantagem para fechar a primeira volta como líder. Para o efeito, precisa garantir pontos nas próximas quatro jornadas em que vai defrontar o Benfica de Luanda (12ª), o Caála (13ª), o Bravos do Maquis (14ª) e a Académica do Lobito (15ª).