Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Campeo trabalha focado no clssico

Jorge Neto - 05 de Setembro, 2017

Apesar dos agostinos entrarem em todos os desafios para ganhar, ser importante conhecer o resultado do rival, de modos a montar a melhor estratgia de jogo.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa do 1º de Agosto realiza hoje às 8h30 no Estádio França Ndalu, a primeira sessão de treinos da semana, focados no clássico de domingo, frente ao rival Petro de Luanda, referente à 24ª jornada do Girabola Zap, depois do empate com sabor amargo diante do Santa Rita de Cássia.

O desafio disputa-se às 17h00 no Estádio 11 de Novembro, e está a ser considerado pelos aficionados do desporto-rei o \"jogo do título\", que anseiam por um grande espectáculo, a protagonizar pelos dois maiores clubes do país.

Apesar do resultado (1-1) diante dos “católicos” que não agradou totalmente, embora, o ponto conquistado pode vir a ser importante nas contas finais, a equipa técnica militar liderada por Dragan Jovic pode não ter muito trabalho na recuperar do aspecto psicológico dos jogadores, por tratar-se de um clássico, em que todos querem jogar.

Os agostinos já digeriram o empate, e hoje começam a traçar o esquema táctico a ser utilizado frente aos petrolíferos, depois do regresso ontem de autocarro a Luanda, proveniente da província do Uíge. O corpo médico tem a tarefa de recuperar os jogadores que falharam o último jogo da equipa, o defesa-central Dani Massunguna, o lateral esquerdo Paizo, o médio/lateral direito Mingo Bile, e o extremo Geraldo, peças importantes no xadrez dos campeões nacionais.

Dada a importância dos quatro atletas, é imperioso para os técnicos que recuperem a tempo de defrontar os tricolores, em função da influência que o resultado do jogo pode definir para  as restantes jornadas do campeonato nacional. Esta época, o plantel está a ser assolado por várias lesões, que influenciam os resultados da equipa, com quase todos os jogadores a passarem pelo departamento médico.

O 1º de Agosto tem de esperar até amanhã, depois do jogo entre o Petro de Luanda e o Atlético Sport Aviação (ASA), para saber se vai ao clássico na condição de líder do Girabola Zap, ou de segundo classificado. Apesar dos agostinos entrarem em todos os desafios para ganhar, será importante conhecer o resultado do rival, de modos a montar a melhor estratégia de jogo, uma vez que define o nível da pressão com que têm de encarar os 90 minutos.
JN