Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Campeo com baixas de vulto

Jorge Neto - 16 de Junho, 2018

Militares defrontam amanh tarde os proletrios no fecho da 17 jornada do campeonato sem o defesa Bob (o mais alto na foto)

Fotografia: Vigas da Purificao | EDIES NOVEMBRO

A equipa do 1º de Agosto recebe o 1º de Maio de Benguela, amanhã, às 17h30, no estádio 11 de Novembro, sem os influentes defesa-central Bobó, o médio Macaia, o extremo Nelson da Luz e o lateral esquerdo Natael, por conta de castigo federativo e de lesões.
O defesa congolês democrático viu, a cartolina vermelha, no segundo tempo do jogo diante do Progresso Sambizanga e será substituído pelo nigeriano Yisa, numa partida onde o objectivo principal passa pelo regresso às vitórias no Girabola Zap.
 O médio defensivo Macaia volta a falhar o segundo jogo de forma consecutiva, pois recupera de uma lesão. O mesmo caso aplica-se a Nelson da Luz e a Natael, que deste modo, desfalcam a equipa na recepção aos proletários.
O empate a um golo, diante dos sambilas, interrompeu a sequência vitoriosa de quatro jogos dos bicampeões nacionais, que teve a seu favor o facto do segundo classificado, o Petro de Luanda, também ter empatado, e assim conseguir manter a vantagem de quatro pontos na liderança.
A formação militar pretende evitar mais um desaire, mas tem consciência de que os proletários virão com a lição estudada, para complicar ao máximo os seus objectivos, daí que, durante as sessões de treinos, trabalharam de forma intensa as transições ofensivas e a finalização, sem descurar a concentração defensiva.
O elo mais fraco do campeão tem sido o ataque, enquanto a defesa mostra consistência, e tendo em conta o primeiro aspecto, o técnico sérvio Zoran Maki aposta numa grande mobilidade dos seus jogadores, nas acções ofensivas e nos remates à baliza.
A inclusão na equipa do médio Mário, jovem formado no clube, agrada o corpo técnico, que conta com o jogador para o desafio de amanhã. Ele estreou-se há duas jornadas, diante do Sporting de Cabinda, e frente aos sambilas também mereceu a confiança de Zoran Maki, tendo dado um outro alento ao jogo dos rubro-negros.
Os militares podem fazer algumas alterações no \"onze\" que alinhou na última segunda-feira, imbuídos no espírito de gestão do plantel, tendo em conta o número de jogos que vão disputar, tanto no Girabola Zap, como na Liga dos Clubes Campeões Africanos.

INDIGNAÇÂO
Clube militar
escreve ao CCAFAF

A direcção do Clube Despora dtivo 1º de Agosto remeteu, na passada quarta-feira, uma carta de reclamação ao presidente do Conselho Central de Arbitragem da Federação Angolane Futebol (CCAFAF), com conhecimento à direcção do organismo, manifestando a indignação pela forma incorrecta, como o árbitro Bernardo Moreira conduziu o jogo referente à 1ª jornada da segunda volta do Campeonato Nacional, Girabola Zap, diante do Progresso Sambizanga, que terminou empatado a uma bola.
Segundo o site do clube militar, que estampa o documento, a reclamação, assenta fundamentalmente no ajuizamento incorrecto e nas sucessivas falhas da equipa de arbitragem, de diferentes lances de faltas merecedoras de marcação de penálti.
A mesma nota, refere ainda que situações do género têm se mostrado recorrentes no futebol nacional, por isso a direcção do clube militar apela à FAF maior rigor, relativamente ao cumprimento escrupuloso das regras do jogo, bem como exigir dos árbitros uma postura isenta e imparcial, de modo a dignificar o desporto rei.
Por outro lado, o Jornal dos Desportos soube, de uma fonte ligada ao Conselho de Árbitros, que o juiz Bernardo Moreira está suspenso das suas actividades, sem, contudo, adiantar o tempo que vigorará a referida suspensão.
O 1º de Agosto lidera o Girabola Zap, com  32 pontos, seguido pelo Petro de Luanda com 28.