Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Campeo cumpre calendrio em casa

Betumeleano Ferro - 29 de Outubro, 2016

O campeo pode enfrentar dificuldades, forado a puxar dos gales, na ltima apario caseira no Girabola ZAP

Fotografia: Jornal dos Desportos

O jogo Libolo -Porcelana até podia começar mais cedo, porque as duas equipas jogam para cumprir calendário. Não importa qual seja o resultado final, nenhum dos contendores vê os seus interesses beliscados. A metas traçadas pelas direcções, são agora inalcançáveis.

O Libolo ainda assim, entra folgado. Tem tudo o que precisa para somar três pontos. O campeão pode enfrentar dificuldades, é forçado a puxar dos galões, na última aparição caseira no Girabola ZAP. O Porcelana conhece a sentença e é ponto assente que os atletas perderam a motivação necessária para causar uma surpresa em Calulo.

O campeão fracassou a meta de revalidação,  tem como salvar a época com o troféu da Taça de Angola. Afinal, com o Progresso do  Sambizanga é para daqui a dias, até lá os libolenses têm de manter os níveis competitivos, mesmo diante de adversários fracos, no plano teórico como o Porcelana.

O Progresso do Sambizanga voltou à estaca zero, na jornada passada, esta tarde tem um adversário acessível, o Sagrada Esperança. Os sambilas jogam na Cidadela, um Estádio que é de más recordações esta temporada. O rei dos empates do campeonato, tem desperdiçado muitos pontos, na sua habitual casa.

A escassa diferença de dois pontos  parece resumir bem a diferença entre os dois contendores, os sambilas entram em campo com 36 pontos, se perderem são ultrapassados pelos diamantíferos. As duas equipas costumam estar intermitentes na segunda volta, e delas  espera-se tudo de bom ou de mau, porque têm habituado os adeptos com a alternância de resultados.