Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Campeo focado no Libolo

Jorge Neto - 10 de Julho, 2018

Vigas da Purificao | edies novembro

Fotografia: Jornal dos Desportos

Depois da folga na jornada passada, por imperativo de calendário, a equipa do 1º de Agosto recebe amanhã às 17h30, no Estádio 11 de Novembro, o Recreativo do Libolo,  desafio referente à 23ª jornada do Girabola Zap, com uma única ambição: o regresso às vitórias.
O bicampeão nacional teve mais tempo do que o seu adversário para  preparar o desafio, em que vão estar em campo 16 títulos do campeonato, repartidos em 12 para o conjunto militar e quatro para os libolenses.
As duas equipas não atravessam um bom momento no campeonato, principalmente, os rubros -negro, que estão na corrida pelo título, o facto de virem de uma sequência de seis empates em sete jogos, algo negativo para os objectivos que perseguem, na maior competição futebolística do país.
O facto de folgar na ronda anterior, os militares ganharam mais alguns dias para colocar em forma dois jogadores que recuperaram das respectivas lesões, o médio Macaia e o lateral esquerdo Natael, que podem vir a serem opções.
O extremo Geraldo pode regressar neste desafio, após falhar a recepção ao Sporting de Cabinda, na 21ª jornada, por estar a contas com dores no tornozelo. O influente jogador recupera de forma positiva.  
Nesta altura, além do trabalho de campo, Zoran Maki incide a preparação no aspecto psicológico, para que os jogadores ultrapassem a fase negativa de resultados e voltem a trilhar os caminhos das vitórias, aliado a uma boa exibição, como a que tiveram na goleada (5-0) sobre o Kabuscorp do Palanca.
O Recreativo do Libolo está a ser um dos adversários mais difíceis que os militares têm defrontado, quando joga na condição de visitante, tal como atesta o empate na primeira volta do campeonato, mas o cenário muda de figura, quando os rubros -negro actuam na condição de anfitriões.
A formação do rio seco quer inspirar-se nos últimos bons resultados alcançados diante dos libolenses, no Estádio 11 de Novembro, apesar de antever muitas dificuldades, próprias de um adversário, que certamente vem a Luanda para pontuar.  
O empate do Petro de Luanda, na jornada passada, também tem um efeito motivador para a equipa orientada por Zoran Maki, que pode aproveitar o deslize dos tricolores para regressar à liderança isolada do campeonato.