Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Campeo Libolo joga no "Buraco"

Antnio Felix - 23 de Abril, 2016

Recreativo do Libolo tem trs vitrias em seis jogos e desce ao relvado do Estdio do Buraco para a quarta vitria

Fotografia: Joo Gomes

O Estádio do Buraco está situado na cidade do Lobito, reserva para hoje a partir das 15h00  o jogo Académica- Recreativo do Libolo como o de maior cartaz do dia, na continuação da nova jornada  do Girabola Zap e que ainda para a mesma data e calendário abre as portas para  o Petro de Luanda- 1º de Maio de Benguela, para o  4 de Abril do Cuando Cubango - Sagrada Esperança da Lunda Norte e  ainda Progresso da Lunda Sul-Recreativo da Caála. O campeão Recreativo do Libolo tem  três vitórias em seis jogos, desce ao relvado do Estádio do Buraco para alcançar a quarta diante dos estudantes, agora com um novo timoneiro, o astuto António Lopes “Chiby.”

O novo técnico já disse que respeita os galões que o Libolo ostenta, mas que para si não inibe o seu grupo. Sublinhou isto desde o primeiro dia que se reuniu com os seus rapazes para os treinos para encarar a formação do Libolo.

Na última posição da tabela e a jogar em casa, a Académica do Lobito promete brindar a  massa de adeptos, sócios e dirigentes com uma primeira vitória sob as rédeas de António Lopes "Chiby" e mostrar nova atitude e determinação nesta nova era.

Nos Coqueiros, a partir das 15h30,  o Progreso do Sambizanga não tem tarefa facilitada diante do Interclube, uma equipa que está em nono lugar  e que tem de fazer muito pela frente para poder chegar ao título de que tanto falou e exigiu o presidente do clube, Alves Simões.

Os sambilas precisam rapidamente de somar vitórias sucessivas, no sentido de garantir uma pontução que os faça terminar nas seis jornadas, a meio da tabela ou mais acima. É uma das metas definidas pela direcção.

E o técnico Albano César tem pela frente um colega que é um estudioso do futebol nacional e das equipas do campeonato nacional. Atribuir favoritismo a uma das equipas afigura-se arriscado, pelo que o melhor é aguardar pelo desfecho do desafio, a ver quem leva a melhor.

Para o 4 de Abril do Cuando Cubango -Sagrada Esperança da Lunda Norte estarão tambím viradas muitas atenções, porque  salta à vista o desempenho que as duas esquipas estão a ter esta época. A primeira no Girabola onde ainda na jornada anteior foi bater o pé (1-1) em casa do campeão Recreativo do Libolo e a  segunda, pelo que está a fazer na Taça da Confederação em que  vai discutir agora o acesso à fase de grupos e mesmo no  Girabaola Zap também.

Há  como que um "empate" em termos de moral alto, nas hostes dos dois conjuntos, advinha - se  uma partida renhida em termos de jogo jogado. João Machado é o  treinador da equipa da casa, é muito experiente  e surpreeende a forma como monta o "ardil" táctico para os adversários, certamente vai fazê-lo  para ganhar aos diamantíferos. Mas  em teoria, porque toda a verdade está no jogo.

Estão também reunidos os condimentos para o "prato forte"’ entre o já várias campeão nacional Petro de Luanda e o seu "velho" conhecido 1º de Maio de Benguela e igualmente para o Recreativo da Caála que já fez  "gato sapato" ao líder 1º de Agosto, desloca-se a Saurimo ao encontro do Progresso da Lunda Sul.

Costuma-se dizer que a equipa lunda quando marca primeiro, a defesa torna-se uma muralha como betão. Mas os caálenses não podem ter medo de entrar nas linhas defensivas dos donos da casa se almejam regressar de lá com três pontos ou no mínimo com um ponto.