Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Campeo mais longe do ttulo

17 de Outubro, 2016

Yano que estava no sitio certo e mandou a bola de cabea para o fundo das malhas sem qualquer defesa de Lando. O golo acordou as bancadas.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Um excelente cabeceamento do avançado Yano,  na grande área do Libolo, aos 84',  permitiu ontem no Estádio dos Coqueiros, ao Progresso Sambizanga saltar da crise que vinha vivendo até à jornada anterior. Ganhou, por 1-0, e somou gora 36 pontos, à saída da 27ª Jornada do Girabola ZAP.

 Com esta vitória, os sambilas atrasaram  a marcha triunfal da equipa da vila de Calulo na perseguição ao título num jogo que começou com um pouco de nervosismo sobretudo pela equipa da casa. Em função disso, os visitantes começaram a fustigar o último reduto do adversário com vontade de marcar cedo. A equipa sambilas foi respondendo pela mesma moeda.

Aos 16 minutos de  jogo, Celso  rematou muito forte, mas a bola passou por cima da baliza. O arbitro da partida também já tinha assinalado posição irregular do jogador sambila. Aos 18 minutos', Luís Filipe, numa bela jogada, deferiu um forte remate que teve uma defesa arrojada do guarda-redes Nyame.

Com jogadas bem delineadas pela equipa da vila de Calulo, aos 20 minutos  foi a vez de Kaya a tentar a sua sorte, mas também não teve sucesso.
A jogar fora de casa com poucos adeptos, a equipa do Libolo mostrava um futebol com toda a sua naturalidade. Aos 25' chegou mesmo ao golo por intermédio de Kaya, mas o arbitro da partida anulou-o, alegando que o jogador tinha tocado a bola com a mão.

O primeiro grande sinal de perigo para o Progresso aconteceu ao 28 minutos com remate de Silva a passar rentinho por cima da barra travessão da baliza de Lando que criou um calafrio dos poucos adeptos do Libolo presente no estádio.

A equipa de Libolo reagiu e aos 39 minutos  Nandinho quase que marcou, não fosse a rápida intervenção do guarda-redes Nyame. Foi uma situação idêntica com Kaya, a voltar a ameaçar a baliza de sambila que teve pronta intervenção para evitar o pior.

Até ao intervalo, realce para várias oportunidades de golos para o Libolo com defesa do guarda-redes sambilas. No reatamento do jogo os sambilas entraram melhor. Chegaram várias vezes à baliza adversaria, mas...  à terceira foi de vez: na sequência de uma jogada rápida que partiu de  Lunguinha, este  passou a bola para Yano que estava no sitio certo e mandou a bola de cabeça para o fundo das malhas sem qualquer defesa de Lando. O golo acordou as bancadas.

O Libolo reagiu ao golo sofrido e foi impondo o seu jogo. Todavia foram os sambilas que mais oportunidades  tiveram através do próprio Yano em duas ocasiões para ampliar o marcador, situação que levou o guarda-redes Lando 92 minutos a abandonar a sua baliza para o sector atacante que chegou mesmo a cabecear a bola por duas vezes  para cima da baliza defendida por Nyame.
AVELINO UMBA