Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Carlitos desfalca Palancas

13 de Outubro, 2015

Internacional angolano a primeira contrariedade do combinado nacional para o jogo deste sbado em Pretria frente a frica do Sul

Fotografia: M.Machangongo

O internacional angolano Carlitos vai desfalcar os Palancas Negras no jogo deste sábado, em Joanesburgo, frente a África do Sul, referente à primeira mão da última eliminatória de acesso à Taça CHAN, a disputar-se em 2016, no Rwanda.Segundo o médico do conjunto nacional, Pedro Miguel, em declarações à imprensa, o jogador do Rcreativo do Libolo apresenta uma lesão, não especificada, contraída na partida contra a Académica do Lobito, na última jornada do Girabola2015 e do ponto de vista clínico, o atleta tem poucas possibilidades recuperar até ao dia do encontro.

“O Carlitos lesionou-se no jogo da última jornada do Girabola e tem poucas possibilidades de recuperar até ao dia do jogo. Ainda não foi definido em concreto que tipo de lesão contraiu, mas é ponto assente que ele não está para o jogo da primeira mão”, esclareceu.Por sua vez, o técnico-adjunto da selecção nacional, José Kilamba, adiantou que para esta posição existem outros futebolistas com qualidades, que fazem parte dos convocados, nomeadamente Isaac, Mingo Bile (1º de Agosto) e Eddie (Recreativo do Libolo).

“Esses três jogadores fazem bem este corredor, apresentam bons níveis de concentração, quer a defender quer a atacar, qualidades que os conferem plena confiança para desempenhar esta função”, sublinhou.De regresso ao combinado nacional, o avançado do 1º de Agosto Mateus Galiano prometeu ontem, , aplicar toda sua experiência com vista ajudar a selecção nacional a vencer sábado a congénere da África do sul, em jogo da primeira mão da última eliminatória.

Falando à imprensa no final do único treino realizado no país, no campo 22 de Junho, o internacional angolano disse que tudo vai ser para marcar golos e jogar pela coesão do grupo durante a partida, tendo em conta o objectivo de conquistar um resultado satisfatório, fácil de inverter no jogo de resposta, em Luanda.Referiu que a equipa nacional tem jogadores com potencial, mas entrarão com cautelas para contraporem a coesão defensiva e o bom ritmo de jogo dos “Bafana Bafana”, uma selecção bastante forte e que joga em casa.
Desde o fim da tarde de ontem na África do Sul, o combinado nacional começa a preparar o embate deste sábado em casa do adversário, num curto estágio de adapatção ao clima.