Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Chegou a fase a doer

Betumeliano Ferr?o - 15 de Junho, 2017

Libolenses entram como favoritos na recepo a formao do Uge

Fotografia: Jose Cola| Edies Novembro

A segunda volta pode começar hoje com vitória para o Clube Recreativo do Libolo. A formação de Calulo recebe esta tarde, às 15h00, no seu estádio de Calulo, o Santa Rita de Cássia, um jogo em que é o favorito para somar os três pontos em disputa.

A posição dos contendores na tabela classificativa é uma boa amostra do que pode acontecer no jogo entre libolenses e católicos. A jogar em casa, a equipa orientada por Vaz Pinto tem obrigações de acelerar para a vitória, aliado ao facto de cruzar com o lanterna vermelho do campeonato, mas tem de entrar em campo com atitude competitiva, já que existe um desnível enorme entre as duas equipas.

O desempenho do Libolo no campeonato está longe de ser aceitável, mas diante do Santa Rita não pode haver desculpas para justificar eventual fracasso. A equipa está com dificuldades de manter o foco nas provas em que está inserida, a outra é a Taça da Confederação, mas ganhar ao último classificado é tudo menos tarefa hercúlea para quem continua a falar como candidato ao título.

A mais valia do plantel libolense tem de sobressair em todos os momentos para aumentar as chances de sucesso. Relaxar antes de abrir uma confortável vantagem no marcador é capaz de provocar enormes dissabores aos donos de casa, pois, podem não ter mais tempo para corrigir o seu comportamento negligente, o fraco apetite de vitória.

O Santa Rita de Cássia está em busca de milagre e tem toda a segunda volta para inverter o que parece ser óbvio, a descida de divisão. Agora que vai começar a hora da verdade, os católicos têm de mostrar obras próprias de quem tem mesmo capacidade de somar os pontos necessários para se manter no Girabola.

A partir desta jornada todos os resultados vão ser irreversíveis, pelo que os católicos têm de pôr de lado o 'terço' e entrar em campo para jogar e vencer. Um triunfo extramuros pode se tornar realidade, mas é importante reconhecer as suas fraquezas e adoptar uma atitude de espera, e ser muito eficiente na hora de aproveitar as "migalhas" que o seu oponente deixar cair.

O Libolo está sem o mesmo fulgor caseiro das outras temporadas e até certo ponto esta pode ser uma boa chance para o Santa Rita tentar explorar com êxito. É verdade que não tem como olhar nos olhos do adversário, mas pode pôr em campo a estratégia que preparou para conseguir qualquer ponto na difícil deslocação à Calulo.