Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Chiby confia na vitria amanh

Jlio Gaiano , no Lobito - 11 de Maio, 2019

Fotografia: Edies Novembro

O técnico-adjunto da Académica Petróleos do Lobito, António da Conceição Lopes “Chiby”, manifestou-se confiante na obtenção de um resultado satisfatório, no desafio frente ao Petro de Luanda a acontecer amanhã, a partir das 16 horas, no estádio nacional 11 de Novembro, em Luanda, pontuável para a 29ª  e penúltima jornada do GirabolaZap2018/19.  

"A equipa está preparada, para este desafio. Não vai ser fácil, mas tudo está a ser trabalhado, no sentido de conquistarmos um resultado, que satisfaça os interesses do clube e da massa apoiante, que passa, necessariamente, por pontuar nesta difícil deslocação à cidade capital", referiu o professor António Lopes "Chiby", garantindo que a manutenção da equipa na primeira divisão, ser um facto inquestionável.

"É uma questão que, há muito, deixou de constituir preocupação do colectivo. Tanto é que já estamos a projectar a próxima época. É bem verdade, que temos dois grandes obstáculos para se ultrapassar, a começar já com o jogo contra o Petro de Luanda. Uma vitória tornaria o processo mais facilitado. Estamos convictos, que vamos defrontar um forte candidato ao título e que merece todo o nosso respeito. Por isso, para nós, bastará não perder nesse jogo", ajuntou.

No confronto disputado na primeira volta, a Académica do Lobito perdeu para o Petro de Luanda por 1-2, em pleno estádio nacional de O’mbaka, em Benguela. Para António Chiby, são dois jogos diferentes e em circunstâncias distintas, pelo que em Luanda as coisas podem ser diferentes. "Vamos defrontar um adversário pressionado e que, para além de lhe interessar apenas a vitória, vai torcer pelo deslize do seu directo oponente (1º de Agosto) que, no Bié, vai defrontar o Cuando Cubango FC.

A duas jornadas do fecho do GirabolaZap2018/19, a Académica do Lobito ocupa a 12ª posição, com 28 pontos, acima do Sporting de Cabinda (13ª/27), do Atlético Sport Aviação (14ª/25), do Cuando Cubango FC (15ª/23) e do Saurimo FC (16ª/18). Em caso do triunfo (o empate serve) no embate deste fim-de-semana, a formação lobitanga vê a sua tarefa facilitada, em função dos jogos a serem disputados pelos seus directos contendores na lua pela sobrevivência.

A possível despromoção à segunda divisão do Kabuscorp do Palanca, por incumprimento de normas contratuais com o brasileiro Rivaldo Vitor Borba Ferreira, ou simplesmente, Rivaldo, aumenta a hipótese da concretização do sonho da equipa se manter na fina-flor do futebol nacional. Aliás, não foi por acaso a afirmação do professor Chiby, quando questionado sobre a possibilidade da permanência da equipa na primeira divisão.