Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Comeo polmico

19 de Agosto, 2019

Os rubro - negros tm todos os motivos para entrar de olhos abertos

Fotografia: P. Mulaza

A estreia do 1º de Agosto no Girabola ZAP 2019/2020 acontece amanhã, às 17 horas, no Estádio 11 de Novembro, todavia, parece haver uma certeza absoluta e só uma surpresa pode impedir que campeão dê sequência ao ciclo de vitórias sobre o Desportivo da Huíla no campeonato.
O jogo é fardado, mas tal como na vida real, é ao mais graduado que se deve render a saudação. Isso, de modo algum significa que os huilanos vão entregar os pontos aos donos da casa, porém, como contra factos não há argumentos, o campeão está na prova para terminar em primeiro, não para desperdiçar pontos, ainda por cima, na estreia.
Os rubro - negros têm todos os motivos para entrar de olhos abertos, ainda que muitos esperem um jogo de compadres, a verdade é que o medo do desconhecido pode fazer disparem primeiro, para evitar que os da Região Sul reajam.
A precisar de ganhar confiança para atacar o inédito penta, o 1º de Agosto sabe que tem de olhar em várias direcções, neste início de época, mas sem perder o foco. É verdade que a vitória extramuros, nas Afrotaças é folgada,  engana-se quem aguarde que o campeão relaxe no campeonato para aparecer em grande na Champions.
Sem menosprezar a competição africana, o jogo mais importante de momento é com o Desportivo da Huíla, os 3 pontos de amanhã são fundamentais para a esperada confirmação a fim de alcançar os objectivos preconizados.
O campeão conhece bem os cantos da casa, ninguém no balneário de Dragan Jovic espera sair do 11 de Novembro com menos 2 pontos. É por essa razão que vai para o campo lutar pela vida,  para impedir uma estreia com desperdício, capaz de ressuscitar os fantasmas no mau começo de campeonato, que pode  terminar sempre em fracasso precoce, antes das quatro conquistas anteriores.
A bem da verdade, os militares da Região Sul estão cansados de estar na boca de todos e servir de saco de pancadas, está a dividir o balneário pelo que deve ser interessante ver o ombro a ombro dos pupilos de Mário Soares, para no mínimo empatar. O pontito é suficiente para deixar cabisbaixo o campeão, pelo que é de prever que o Desportivo da Huíla não vai cair na tentação de sair da sua zona de conforto, como sucedeu na Supertaça.