Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Congols Eric Bokanga troca Maquis pelo Interclube

Valdia Kambata - 06 de Outubro, 2018

Congols democrtico mereceu a confiana da direco da agremiao presidida por Alves Simes

Fotografia: Jos Cola| Edies Novembro

Os congoleses democráticos, Eric Bokanga (ex-Progresso do Sambizanga) e Mustapha (proveniente da RD Congo) são destaques como reforços do Interclube, para a época futebolística de 2018/2019, que arranca a 27 do corrente com  a disputa da 41ª edição do Girabola Zap, soube o Jornal dos Desportos de fonte ligada ao clube da Polícia Nacional, sem avançar o tempo de contrato.
 Eric Bokanga, que na primeira volta do Girabola Zap 2018, em defesa do FC Bravos do Maquis, estragou os objectivos do Interclube no Estádio 22 de Junho, ao marcar o único golo do jogo, chegou a Angola na época de 2009, contratado pelo Benfica de Luanda.
Quanto ao médio ofensivo Mustapha, a fonte não fez referência quanto ao clube de proveniência, o que vai acontecer por altura da apresentação oficial do plantel para a nova época, depois do regresso de Benguela, onde a equipa vai efectuar um curto estágio de 18 dias.  
O Interclube pretende regressar aos anos de glórias, com a conquista do Girabola Zap 2018/2019, depois de  vencer o campeonato nas épocas 2007 e  2010, sob comando técnico do brasileiro Carlos Mozer  e do português Álvaro Magalhães, reforçou igualmente o plantel com jogadores provenientes de clubes da primeira e segunda divisão nacional, segundo a mesma fonte. 
Trata-se de Zebedeu ( ex-Académica do Lobito), Abdul (ex-Sagrada Esperança da Lunda - Norte), Leonel (ex -Desportivo da Huíla), Lucas (ex -ASK Dragão do Uíge) e Langanga (ex -Sporting de Cabinda).
A formação da Polícia garantiu os regressos,  do médio Heidi, após um ano emprestado ao Progresso do Sambizanga, do médio ofensivo Baby e do lateral direito Filipe, os dois últimos foram dispensados na segunda volta do Girabola Zap 2018.
O médio Baby transferido para o Progresso do Sambizanga, fez todos os jogos na condição de titular, enquanto o lateral direito Filipe, formado no Interclube, esteve emprestado ao FC Bravos do Maquis, onde actuou em dez ocasiões.
O treinador luso -angolano Rui Garcia (ex-Académica do Lobito), que substituiu o português Paulo Torres, actualmente no Kabuscorp do Palanca, não vai contar na época 2018/2019 com os préstimos de Tó Carneiro e Karanga (ambos passam a representar o Petro de Luanda), René (Saurimo FC), Chonene e Pedro Bengui  (sem clube).