Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Corola com discurso cauteloso

Augusto Panzo - 17 de Julho, 2016

Tcnico aviador reconhece potencial do adversrio e encara o jogo desta tarde com muita cautela afim de evitar ser surpreendido

Fotografia: M. Machangongo

O treinador do Atlético Sport Aviação (ASA), José de Carvalho "Corola" manifestou uma certa perplexidade para o jogo desta tarde, a partir das 15H30', no Estádio dos Coqueiros, diante do Progresso da Lunda Sul, em função da superioridade do adversário nos duelos entre si, nas duas últimas épocas.

Admitiu que será uma partida com um elevado grau de dificuldade para o conjunto que orienta, contudo, está confiante e espera que os seus atletas consigam manter a concentração, cumprir com as orientações e materializarem o que foi feito ao longo da preparação.

"Jogar com o Progresso da Lunda Sul é uma tarefa muito difícil, na medida em que nos últimos anos essa equipa tem criado seríssimas complicações ao ASA. Por isso, adivinha-se uma partida com um grau de dificuldades muito grande", reconheceu o técnico do ASA.

Na antevisão sobre o jogo, em exclusivo ao Jornal dos Desportos, Corola reconheceu que o Progresso da Lunda Sul é uma equipa bem composta, o que exige algumas cautelas para evitar dissabores ao longo da partida, já que a intenção é manter o ciclo vitorioso.

"A nossa equipa está em fase de consolidação de processo e tudo está a ser feito, no sentido de, jogo após outro, obtermos a maior pontuação possível, para que realmente possamos encarar essa segunda volta com mais tranquilidade e tirarmos a equipa na situação em que se encontra", revelou.
 
Corola mostrou-se tranquilo na perspectiva clínica do conjunto aviador à entrada deste jogo, pois, até à última sessão de treinos realizada na sexta-feira, todos os jogadores  estavam disponíveis.

"Clinicamente a equipa está saudável, apesar de haver situações que podemos considerar pontuais, porque realmente no futebol nenhuma equipa está isenta deste tipo de contrariedade", justificou mas garantiu que tudo está a ser feito para manterem o plantel à altura.

"O nosso corpo clínico trabalha no sentido de debelá-las, facto que nos leva a esperar que todos os jogadores que se encontram nessa condição estejam em prontidão e em forma para que possam dar o seu contributo ao plantel", afirmou o treinador do ASA.

Por último, enalteceu o percurso do adversário e revelou que tem feito um percurso aceitável na prova. "Sabemos que a equipa da Lunda Sul tem mostrado alguma regularidade na prova, mas tenho a dizer que a nossa estrutura está a ser formatada no sentido de ganharmos o máximo de pontos possível", comentou. "Sei que não vai ser fácil, mas estamos a nos preparar e conscientes de que vamos enfrentar certas dificuldades em determinados momentos do jogo", declarou o técnico que orienta a equipa aviadora, uma das equipas totalistas do Girabola a par do 1º de Agosto.