Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Cosano confiante na recepo aos proletrios

Edvaldo Lemos - 23 de Novembro, 2019

Tricolores esperam manter o ciclo vitorioso na recepo esta tarde aos proletrios

Fotografia: Jornal dos Desportos

Motivado pelos momentos áureos que atravessam, o técnico do Petro de Luanda, Toni Cosano, garantiu que apesar da paragem do campeonato a sua equipa não perdeu o foco e nem a direcção dos objectivos definidos para esta época.
Falando ontem em conferência de imprensa, realizada no Complexo Desportivo Demóstenes de Almeida "Catetão", para o lançamento do jogo de hoje as 17H30', no Estádio 11 de Novembro, diante do 1º de Maio de Benguela a contar para 12ª Jornada, o espanhol assumiu que estão preparados para mais uma vitória.
"Apesar da paragem do campeonato, estamos com a mesma disposição. Depois do último jogo em que conquistámos três pontos importantes, mudamos a rotina mas não desviamos o nosso foco. Os objectivos estão bem definidos", disse o treinador.
O facto do seu adversário estar na 16ª posição com 6 pontos, deixa o treinador espanhol preocupado, mas garantiu estarem precavidos para não serem surpreendidos em casa.
"A nossa única preocupação é por jogarmos com um adversário que está abaixo da tabela, mas quando defrontamos uma equipa do top da tabela fico mais tranquilo, ao contrário do 1º de Maio de  Benguela. Por isso, merece todo meu respeito, como qualquer outra equipa", avaliou.
Toni Cosano reconhece que os proletários quando vêem a Luanda fazem boa figura e, lembrou que no último jogo não alcançaram melhor resultado porque houve erros que ditaram a derrota. "A última vez que o Maio veio a Luanda, teve bom desempenho. Se não fossem os penaltis mal assinalados teriam feito um melhor resultado", recordou.
O atacante Manguxi está de regresso aos convocados do Petro de Luanda para recepção ao 1º de Maio. Depois de ser diagnósticado fractura nas duas pernas, nas regiões da perone, em que se antevia uma paragem de dois anos, o avançado petrolífero manifestou ontem a sua felicidade pelos resultados positivos das últimas análise feitas.
O jogador disse estar seguro e confiante para voltar a brilhar. "Estava a passar por um momento muito difícil. Depois de três meses parado, estou de volta. Podem esperar por um Manguxi mais activo para ajudar a equipa com muito trabalho", revelou.
O atacante faz parte dos convocados de Toni Cosano para o jogo de mais logo frente aos proletários. Contudo, reconheceu não ter garatias se vai ou não jogar, mas se for chamado a entrar espera dar o seu máximo, não obstante necessitar ainda de tempo e rodagem para a sua recuperação total.
"Com o tratamento que fiz já me sinto confiante para voltar a jogar, mas paara este jogo, ainda não estarei a cem porcento. Quando ouvi que ficaria fora dos relvados por muito tempo senti-me muito mal. Agora, quero trabalhar e esquecer a conversa dos possíveis dois anos que ficaria parado. Estou muito feliz", disse o avançado.