Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

D`Agosto defronta Kabuscorp no desafio de Cartaz

Jorge Neto - 02 de Fevereiro, 2019

Ivo Traa reconhece qualidades ao Kabuscorp mas pensa na vitria

Fotografia: Santos Pedro| Edies Novembro

O técnico -adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, acredita que os problemas de finalização da equipa estão ultrapassados e que os jogadores vão dar o máximo, para vencer a formação do Kabuscorp do Palanca, no dérbi de amanhã às 17h00, no Estádio 11 de Novembro.
O auxiliar de Dragan Jovic defende que a equipa está a criar oportunidades para marcar em todos os jogos, daí, a confiança de que amanhã as coisas corram bem para derrotar os palanquinos.
"É verdade, que temos trabalhado todos os dias na finalização. A equipa tem criado muito, mas não tem concretizado, acho que é falta de concentração em alguns momentos, aliada à ansiedade de fazer golos. Mas nós temos trabalhado estes aspectos todos e queremos que no jogo de domingo (amanhã) com o Kabuscorp, as coisas nos corram bem", disse ontem, Ivo Traça, em conferência de imprensa, no ex - RI20.  
Numa altura em que se aproxima o dérbi, o conjunto militar goza de boa disposição e está concentrado para manter-se no caminho das vitórias.
"A equipa está boa, está com boa disposição. Esses são jogos aguardados com muita expectativa, sabemos que o Kabuscorp é uma equipa forte, também está a lutar pelo campeonato nacional e tem estado muito bem, está neste momento em quarto lugar", frisou Ivo Traça.
O antigo médio rubro -negro perspectiva um desafio difícil, diante de um adversário com quem travou vários duelos nas últimas épocas, excepto nos dois jogos passados, em que o 1º de Agosto levou à melhor com duas vitórias. 
"Acredito que estão a fazer o seu trabalho, com o intuito de contrariar ao máximo possível o 1º de Agosto, além disso, tem um treinador que conhece bem o 1º de Agosto e o nosso campeonato nacional", sublinhou.
Os níveis de confiança da equipa técnica estão em alta, daí,  Ivo Traça aguardar apenas a hora do jogo, pois, "trabalhámos bem, vamos esperar a hora do jogo para podermos fazer o que nós gostamos, que é lutar para vencer o jogo", rematou.

PAPEL ESTÁ EM DÚVIDA
 O extremo Ary Papel está em dúvida, para defrontar amanhã  o Kabuscorp do Palanca, por ainda não estar claro o estado da sua condição física. O segundo melhor marcador dos tricampeões nacionais, com quatro golos, atrás de Mabululu com cinco tentos, treinou de forma condicionada durante a semana.
Em sentido oposto, regressam, o defesa -central e capitão Dany Massunguna, os avançados: o congolês democrático Jacques e o brasileiro Aquino,  recuperados das lesões.
Ary Papel desfalcou o conjunto militar, na recepção ao Cuando Cubango FC, na jornada passada, jogo em que os agostinos venceram por 1-0.

KABUSCORP
Cartões afastam Taddy do dérbi

O avançado Etekiama Taddy é a grande contrariedade do Kabuscorp do Palanca para o jogo com o 1º de Agosto, agendado para domingo às 17h30, no Estádio 11 de Novembro. O principal goleador dos palanquinos foi admoestado, pela quinta vez, no desafio com o Bravos do Maquis e está suspenso por um jogo.
Dada a indisponibilidade do congolês democrático, o técnico Paulo Torres tem a equipa desfalcada de uma das unidades mais influentes do sector ofensivo, actualmente na segunda posição dos "artilheiros", com seis golos. Em consequência do castigo imposto pelo regulamento da FAF, o "reforço de luxo" dos palanquinos na presente época, vai falha o jogo de maior cartaz da jornada.
E, como o "azar" de uns representa a "sorte" de outros, a punição do atacante abre uma brecha ao provável regresso de Nelito ao "onze" do conjunto do Palanca, quatro jogos depois. O avançado teve uma excelente prestação em 2018, este ano demora a igualar o seu melhor nível de forma.
Como se não bastasse, com a saída de Taddy das opções, o técnico Paulo Torres não conta com o defesa Valy que se debate com problemas físicos. O central cabo-verdiano está afastado das opções desde o jogo anterior frente ao Bravos do Maquis.
Mas nem tudo é preocupação para o Kabuscorp. A «boa-nova» é o regresso do guarda-redes JB ao naipe de jogadores disponíveis, depois de falhar dois jogos. O "keeper" esteve a contas com paludismo e teve de recolher um período de recuperação de quase duas semanas.
Com mais uma opção na baliza e a "ausência" forçada do melhor marcador da equipa, Paulo Torres aposta em alternativas que garantam uma boa prestação da equipa. Das possíveis alterações no onze, na baliza Dadão ceder o lugar ao principal guarda-redes, deve o quarteto defensivo ser formado por Ebunga, Simão, Fabrício e Lunguinha.
Em  situação de vantagem para povoar o meio -campo do Kabuscorp, estão: Balakay ( ou Cabibi), Paulito, Água Doce e Lami, ao passo que no ataque, Magola pode fazer parelha com Nelito.
                                         PAULO CACULO

PAULO TORRES

Vamos jogar sem receios”
Olhos nos olhos. É desta forma, que o técnico do Kabuscorp do Palanca, Paulo Torres, pretende abordar o jogo com o 1º de Agosto. O português garante que tem a equipa preparada para enfrentar, sem receios, um adversário de elevada qualidade.
"Tivemos uma semana de preparação tranquila, muito boa e sem lesões. Estamos em forma e preparados para mais um desafio do campeonato", adiantou-se sem evasivas, o 'comandante' do conjunto do bairro Palanca.
"Vamos jogar com uma equipa de qualidade e que também tem ambição de ganhar. O 1º de Agosto é um forte candidato ao título, vem de três campeonatos ganhos, consecutivos. Portanto, temos também os nossos argumentos para discutir os pontos e naturalmente, que encarámos este  desafio com a disposição de vencer, sem qualquer receio do adversário", assegurou.
O técnico garantiu que apesar das indisponibilidades do avançado Taddy e do central Valy, o plantel está preparado para discutir os três pontos em disputa nesta última jornada da primeira volta.
"Temos os jogadores disponíveis, não temos problemas de lesões ou cartões, pelo que espero que façamos uma boa partida, ao nível do que temos habituado os nossos adeptos. Ainda é demasiado prematuro falar em disputa de liderança, porque estamos a encerrar a primeira volta e tudo faremos para conquistar os três pontos", disse.                                            PC